Meteorologia

  • 05 JULHO 2020
Tempo
24º
MIN 18º MÁX 37º

Edição

Guterres diz que refugiados e migrantes enfrentam "três crises numa só"

O secretário-geral das Nações Unidas frisa que as pessoas mais vulneráveis foram as mais atingidas pela pandemia de coronavírus.

Guterres diz que refugiados e migrantes enfrentam "três crises numa só"

António Guterres falou esta quarta-feira sobre o impacto da pandemia de Covid-19 nas populações mais vulneráveis, nomeadamente os milhões de migrantes e refugiados forçados a fugirem das suas casas e dos seus países, em muitos casos, por causa da violência e das catástrofes naturais. O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) sublinhou que os migrantes e refugiados enfrentam "três crises numa só". 

Primeiro, António Guterres afirmou que enfrentam uma crise de saúde e a ameaça de ficarem expostos ao coronavírus, por viverem em condições em que o distanciamento social é "um luxo impossível". 

De seguida, o responsável da ONU constatou que também enfrentam uma crise socioeconómica, especialmente os que trabalham na economia informal, sem terem uma rede de segurança. 

A terceira dificuldade que enfrentam é uma "crise de proteção", destacou Guterres, sinalizando que mais de 150 países decidiram impor restrições nas fronteiras para travar a propagação do vírus. 

O secretário-geral da ONU salientou ainda que a pandemia de Covid-19 "fez disparar a xenofobia, o racismo e a estigmatização".

António Guterres publicou ainda na sua página do Twitter um vídeo de um minuto no qual chama a atenção para os desafios dos refugiados e dos migrantes face à pandemia

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório