Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 26º

Edição

AO MINUTO: Aulas presenciais a 18 de maio; Quase 3 milhões de infetados

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo.

AO MINUTO: Aulas presenciais a 18 de maio; Quase 3 milhões de infetados

De acordo com os últimos dados revelados pelas autoridades de saúde, o novo coronavírus já matou 903 pessoas em Portugal e infetou 23.864. Quanto ao número de recuperados é, até à data, de 1.329.

A tutela indicou no sábado que alguns hospitais vão retomar as consultas programadas já na semana que se inicia em 4 de maio. Marta Temido salientou, ainda, ser "impossível" sair da situação de pandemia da Covid-19 "sem cicatrizes".

A China, o epicentro da Covid-19, registou hoje 11 novos casos de pessoas infetadas, mas este é o 11.º dia consecutivo em que o país não regista nenhuma morte devido à infeção

Já nos EUA, os números voltaram a disparar. Registaram-se 2.494 mortos nas últimas 24 horas devido à pandemia da Covid-19, quase o dobro em relação ao dia anterior.

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19 em Portugal e no Mundo:

00h00 - Termina aqui o acompanhamento ao MINUTO da pandemia. Já sabe, mantenha o distanciamento social e abuse na lavagem de mãos. Qualquer sintoma compatível com o novo coronavírus (febre, tosse, principalmente), ligue para a Linha de Saúde 24 (808 24 24 24). Os profissionais dir-lhe-ão o que deve fazer a seguir. Boa noite! Seguimos juntos na luta contra a Covid-19. 

Acompanhe a evolução da pandemia no País e no Mundo através dos mapas atualizados 

23h50 - Vários hospitais de Nova Iorque, nos Estados Unidos, começaram a administrar altas doses de um remédio para azia sem receita para pacientes infetados com Covid-19 para perceberem se este funciona contra o novo coronavírus.

23h30 - As lojas e quiosques da Carris vão reabrir ao público a partir desta segunda-feira, dia 27 de abril, com horários e normas específicas. O único meio de pagamento aceite será o cartão bancário e a espera terá de ser realizada no exterior da loja. A autarquia lisboeta recomenda, por isso, o agendamento prévio do atendimento, para evitar o tempo de espera.

23h08 - Depois de três semanas internado nos cuidados intensivos no Hospital Santa Maria, em Lisboa, o senhor José "saiu em liberdade". Ou seja, recebeu alta no própria dia da Liberdade, dia 25 de Abril, conta o Ministério da Saúde. 

23h00 - Em situações em que não consegue manter o isolamento social, deverá usar máscara. Sabe que cuidados tem de ter? No vídeo abaixo, a DGS explica-lhe

22h50 - Vários bares e restaurantes foram encerrados pelas autoridades de Estocolmo devido ao desrespeito pelas regras de distanciamento social impostas para limitar a propagação do novo coronavírus na Suécia.

A Suécia, recorde-se,  contrariamente à grande maioria dos países europeus, permitiu aos estabelecimentos comerciais manterem-se abertos desde o início da pandemia.

22h30 - A Comissão Distrital de Proteção Civil de Santarém emitiu um alerta à população e aos peregrinos para que este ano não se desloquem a Fátima nos dias 12 e 13 de maio devido à pandemia de Covid-19.

22h20 - Pelo menos uma pessoa, de 24 que estão hospedadas num "espaço privado alugado a terceiros", em Caneças, no concelho de Odivelas, testou hoje positivo para a covid-19, confirmou à Lusa fonte da câmara local.

21h55 - O responsável da Autoridade de Saúde dos Açores disse hoje que desde o inicio do surto de covid-19 foram testados na região cerca de 2.000 profissionais de saúde, dos quais 17 revelaram infeção pelo novo coronavírus.

21h46 - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o homólogo francês, Emmanuel Macron, coincidiram hoje sobre a necessidade de reformar a Organização Mundial de Saúde (OMS). Na conversa telefónica, os dois presidentes "falaram dos avanços positivos na luta contra a pandemia da covid-19 e o progresso até à reabertura das economias mundiais."

21h30 - A pandemia de covid-19 já provocou 204.696 mortos e infetou mais de 2,9 milhões de pessoas em todo o mundo desde dezembro, segundo um balanço da agência AFP, baseado em dados oficiais.

21h14 - António Costa visita, na segunda-feira, duas fábricas, no norte do país, para assinalar a importância de a indústria continuar a produzir e a readaptação às necessidades de mercado em tempo de pandemia de Covid-19.

21h08 - Os testes à Covid-19 realizados a utentes de três lares de Vendas Novas, no distrito de Évora, deram todos negativos, mantendo-se os sete casos positivos de funcionários, disse à agência Lusa o presidente do município, Luís Dias.

20h56 - Três utentes do lar do Centro de Apoio Social (CAS) das Forças Armadas de Runa, em Torres Vedras, estão infetados, divulgou hoje a instituição, depois de terem começado os testes de rastreio à covid-19.

20h54 - O Brasil conta, este domingo, com 4.205 mortes (mais 189 em relação a ontem, uma variação de 4,71%) e 61.888 casos de infeção pelo novo coronavírus (mais 3679 pacientes nas últimas 24 horas, um aumento de 6,32%), de acordo com dados revelados pelo Ministério da Saúde do país. 

20h49 - O responsável da Autoridade de Saúde da Região anunciou, este domingo, que duas das quatro cadeias de transmissão local de Covid-19 identificadas na ilha de São Miguel, a maior do arquipélago açoriano, já foram "extintas".

20h43 - O primeiro-ministro britânico Boris Jonhson regressou este domingo ao número 10 de Downing Street, residência do chefe de governo do Reino Unido, depois de várias semanas a recuperar do novo coronavírus, uma informação veiculada pela Sky News.

20h34 - As aulas presenciais para os alunos 11.º e 12.º anos recomeçam no dia 18 de maio e as creches a 1 de junho, avança o Público, uma informação que o Notícias ao Minuto está a tentar confirmar junto de fonte do Ministério da Educação. 

20h30 - Fique com um resumo com o principal das últimas horas: 

  1. Reino Unido, com um total de 20.732 óbitos, registou 413 mortes nas últimas 24 horas, o número mais baixo desde 31 de março;
  2. Itália soma  26.644 mortes, sendo que nas últimas 24 horas morreram 260 pessoas, o número mais baixo desde 14 de março;
  3. França registou, nas últimas 24 horas, 242 vítimas mortais (aumentando para 22.856 os óbitos por Covid-19 desde o início da pandemia). Desde o final de março que o número diário de mortes não era tão baixo. 

20h30 - Boa noite. Iniciámos um novo registo. Acompanhe aqui as atualizações desta manhã e tarde. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório