Meteorologia

  • 05 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Covid-19: 1,6 milhões de franceses podem ter sido infetados

Cerca de 1,6 milhões de franceses podem ter sido infetados até agora pelo novo coronavírus, segundo uma primeira estimativa divulgada hoje pelo sindicato de médicos generalistas MG France, com base num inquérito feito a profissionais.

Covid-19: 1,6 milhões de franceses podem ter sido infetados
Notícias ao Minuto

16:50 - 09/04/20 por Lusa

Mundo Covid-19

No total, 56.154 doentes apresentando sintomas do coronavírus foram registados entre 17 de março e 03 de abril pelos 2.048 médicos generalistas em todo o território que aceitaram participar no inquérito feito pelo sindicato.

Extrapolando os resultados ao conjunto dos médicos generalistas em França, o sindicato avalia em 1,67 milhões o número de pessoas infetadas pelo vírus naquele período -- uma estimativa considerada "consistente" face à contagiosidade do vírus.

"Evidentemente, trata-se de uma extrapolação", sublinhou o presidente do MG France, Jacques Battistoni, numa conferência de imprensa. Além disso, "são pessoas que foram consultadas e há ainda portadores saudáveis", adiantou.

"Mas isto dá uma ideia da ordem de grandeza", disse Battistoni, assinalando a "disparidade" entre o número de franceses infetados e o número de doentes da covid-19 hospitalizados (perto de 60.000 segundo os serviços de saúde franceses).

Se 1,6 milhões "é muito em relação ao número de doentes hospitalizados, é pouco se se tiver em conta a totalidade da população" francesa, perto de 67 milhões, destacou Battistoni, indicando que o número de franceses imunizados é "provavelmente baixo".

O que significa que existirá um grande número de pessoas "suscetíveis de serem infetadas se as medidas de confinamento e as medidas barreira" forem levantadas, adiantou.

As autoridades de saúde ainda não divulgaram qualquer número sobre o número de franceses infetados. Apenas uma pequena parte da população foi testada.

Interrogado na quarta-feira na France info, Jean-François Delfraissy, presidente do conselho consultivo da covi-19, considerou existirem "elementos para o início de uma resposta", adiantando que se começou "a testar a população em geral no Leste, no Oise", zona no norte de França.

"Os primeiros dados que temos mostram que a imunidade populacional (percentagem de pessoas que já foram infetadas) é mais baixa do que imaginávamos. Talvez 10 a 15%", declarou.

A França contabiliza 112.950 casos de infeção e 10.869 mortos.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram quase 89.000.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório