Meteorologia

  • 06 JUNHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 25º

Edição

Enfermeiro morre depois de apresentar sintomas e continuar a trabalhar

John Alagos, de apenas 23 anos, continuou ao serviço depois de se sentir mal. Chegado a casa, tomou paracetamol, mas horas mais tarde foi encontrado em casa, sem vida, pela sua mãe.

Enfermeiro morre depois de apresentar sintomas e continuar a trabalhar

A pandemia de novo coronavírus continua a fazer mortes na frente de combate ao Covid-19. Este domingo, noticia a imprensa britânica, morreu um enfermeiro de 23 anos. 

John Alagos, enfermeiro no Watford General Hospital, morreu depois de ter apresentado, ainda durante o seu turno de 12 horas, os primeiros sintomas. 

Face à escassez de recursos, o jovem terá, segundo a sua mãe, pedido para regressar a casa, mas a falta de 'mãos' para ajudar fez com que lhe fosse pedido que completasse o seu turno.

Ao chegar ao seu domicílio, a mãe recomendou-lhe a ingestão de paracetamol para dirimir os sintomas, mas momentos mais tarde encontrou o filho já em paragem cardíaca, e, segundo descreve, com tom de pele azulado. 

"Eu perguntei-lhe porque não vinha para casa. Ele disse-me que tinha pedido aos colegas mas que disseram que tinham falta de trabalhadores e que não podia ir", começou por contar a progenitora de John, Gina Gustilo, de 50 anos, que denuncia ainda que o seu filho não teria os equipamentos adequados para os serviços que efetuava.

"Eles usam Equipamentos de Proteção Pessoal, mas não usam proteção completa para a boca. Usam apenas máscaras normais", defendeu Gina.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório