Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Estudo avança momento em que doente por Covid-19 já não pode contagiar

Uma equipa de investigação na Alemanha determinou que o paciente deixa de ser contagioso quando as amostras extraídas da área nasofaríngea e dos líquidos expelidos ao tossir apresentam menos de 100 mil cópias do genoma do novo coronavírus.

Estudo avança momento em que doente por Covid-19 já não pode contagiar

Um estudo alemão levado a cabo pelos departamentos clínicos Charité de Berlim e do Schwabing em Munique, em colaboração com o Instituto Alemão de Microbiologia do Exército, clarificaram que nos primeiros dias de infecção pelo vírus Covid-19, este aparece concentrado apenas no nariz e na boca.

Esta equipa de investigação revela que o paciente deixa de ser contagioso quando as amostras extraídas da área nasofaríngea e dos líquidos expelidos ao tossir apresentam menos de 100 mil cópias do genoma do novo coronavírus. Na maioria dos casos, a carga viral na faringe diminuiu acentuadamente após a primeira semana da doença. No pulmão, isso ocorre um pouco mais tarde.

Roman Wölfel, diretor do Instituto Alemão de Microbiologia do Exército, explicou que oito dias após apresentar os primeiros sintomas, os especialistas não conseguiam mais isolar partículas infecciosas nos pacientes, apesar de ainda detectarem cópias do genoma do novo coronavírus na faringe, assim como nos pulmões.

"A alta carga viral na faringe imediatamente após os primeiros sintomas sugere que os pacientes com Covid-19 são logo infectados, mesmo antes de perceberem que estão doentes", refere Roman Wölfel, asseverando que "isso fornece informações bastante valiosas ao decidir quando um paciente pode receber alta, decisão que as equipes médicas tomam sob grande pressão".

Os resultados do estudo, publicado na revista Nature, estimam que os pacientes infetados podem receber alta e entrar em quarentena domiciliária se, dez dias depois de ficarem doentes, apresentarem nos fluídos expulsos pela tosse menos de 100 mil cópias do genoma do vírus. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório