Meteorologia

  • 04 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Parou de trabalhar com medo da pandemia de Covid-19 mas morreu da doença

O motorista da Uber deixou de trabalhar depois de ter transportado um passageiro que estava doente.

Parou de trabalhar com medo da pandemia de Covid-19 mas morreu da doença

Anil Subba, um imigrante nepalês de Queens, em Nova Iorque, que deixou de trabalhar com medo de poder contrair o novo coronavírus morreu da Covid-19, a doença causada pelo vírus, refere o New York Post. Subba era motorista da Uber e morreu na manhã desta terça-feira, mais de duas semanas depois de ter deixado de parado de trabalhar.

No entanto, pouco tempo depois de o ter feito testou positivo para a Covid-19 e deu entrada no Elmhurst Hospital. Segundo o seu primo, Munindra Nembang, Anil Subba estava ligado a um ventilador há dois dias.

Foi Nembang que contou ao New York Post que Subba deixou de conduzir como motorista da Uber durante a primeira semana de março, depois de ter transportado um passageiro que apanhou no aeroporto JFK e que estava doente.

“Essa foi a última vez. Ele ficou com medo e parou de trabalhar”, recordou.

Anil Subba tinha mulher e três filhos com idades compreendidas entre os 11 e os 22 anos.

Mais de 60 mil pessoas já foram diagnosticadas com a Covid-19 nos Estados Unidos e mais de 800 morreram.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório