Meteorologia

  • 21 OUTUBRO 2020
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 19º

Edição

Japão aumenta nível de alerta e pede a cidadãos para não viajarem

As autoridades japonesas recomendaram aos seus cidadãos que não viajem para nenhum país devido à contaminação pela pandemia da covid-19, sendo a primeira vez que esta medida é adotada, anunciou hoje a comunicação social local.

Japão aumenta nível de alerta e pede a cidadãos para não viajarem

De acordo com o canal de televisão público NHK, a decisão foi adotada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, que decidiu aumentar para o nível 2 o alerta sobre viagens para qualquer país, o que implica apelar aos cidadãos para que evitem deslocações não urgentes.

O ministério japonês já tinha recomendado não viajar, sob qualquer propósito, para regiões, como áreas da Espanha e da Itália, mas agora o aviso torna-se global.

A recomendação foi reiterada pela governadora de Tóquio, Yuriko Koike.

"A preocupação com um novo surto da pandemia aumentou e este é um momento importante. Peço-vos que esta semana trabalhem em casa o máximo possível e evitem dar passeios noturnos" ou durante o fim de semana, apelou Kioke numa conferência de imprensa convocada hoje com caráter de urgência.

O apelo de Koike foi feito depois de as autoridades locais terem confirmado mais 41 infetados hoje, dos quais 11 são funcionários e doentes do Hospital Geral Eiju, no distrito de Taito, onde fica o bairro turístico de Asakusa.

A governadora japonesa revelou que, por enquanto, não se sabe como ou onde foram infetados 10 dos novos doentes.

Entre os 30 doentes adicionais na capital, cinco tinham registo recente de viagens ao estrangeiro, adiantou, no entanto.

"A vossa cooperação é de extrema importância para evitar um aumento explosivo no número de infeções. Quem tiver viajado e regressado do estrangeiro, complete 14 dias de quarentena", pediu Koike, referindo-se às diretrizes de migração recentemente estabelecidas no país face à disseminação da pandemia.

A capital japonesa tornou-se a região do país com mais casos confirmados, somando 212, à frente da ilha de Hokkaido (norte).

Os últimos 74 casos em Tóquio foram registados entre segunda-feira e hoje, especificou a governadora.

Koike evitou falar sobre o confinamento da população na cidade, como aconteceu noutros países, e pediu que as pessoas limitassem seus movimentos, evitassem multidões e reuniões de muitas pessoas e tivessem extrema atenção à higiene pessoal, incluindo lavagem frequente das mãos com sabão.

O Japão registou 1.905 infeções por coronavírus na terça-feira, incluindo 712 no navio Diamond Princess, além de 53 mortes (incluindo 10 passageiros do navio).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório