Meteorologia

  • 03 ABRIL 2020
Tempo
12º
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Covid-19: Cuba regista oito novos casos e conta total de 48 doentes

Cuba registou hoje oito novos casos confirmados de coronavírus, todos de pessoas que viajaram para o estrangeiro, elevando para 48 os infetados e um morto por covid-19 no país, que registou também a recuperação de um doente.

Covid-19: Cuba regista oito novos casos e conta total de 48 doentes
Notícias ao Minuto

18:56 - 24/03/20 por Lusa

Mundo Pandemia

Os novos doentes com a covid-19 são cidadãos cubanos entre os 42 e 60 anos que regressaram ao seu país nos últimos dez dias a partir de quatro destinos, três dos Estados Unidos, dois de Espanha, dois da República Dominicana e um do Uruguai, informou o ministério da Saúde Pública (Minsap).

Por sua vez, o Minsap confirmou que recebeu alta o primeiro doente recuperado da covid-19, um homem de 25 anos que prosseguirá em isolamento domiciliário e sob vigilância médica por 14 dias.

Com os oito novos casos detetados, o número de casos confirmados de coronavírus em Cuba situa-se nos 48, na larga maioria cidadãos que viajaram para o estrangeiro ou contactaram com alguém que o tivesse feito.

De momento existe apenas um morto, um turista italiano de 61 anos, apesar de dois doentes se encontrarem em estado crítico e um grave, enquanto mais de mil pessoas foram submetidas a isolamento preventivo e mais de 37.000 se encontram em casa sob vigilância.

Até ao momento ainda não foi decretado o confinamento domiciliário, apesar de terem sido enviadas brigadas de estudantes para percorrerem o país porta a porta e detetarem pessoas com sintomas. Foi ainda pedido à população para cumprir as regras higiénicas e de distanciamento social recomendadas para evitar contágios.

Para mais, e desde terça-feira, está proibida a entrada no país de todos os estrangeiros não residentes, e ainda a saída de todos os cubanos, para além do encerramento por um mês de todos os centros educativos, exceto as creches.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 386 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 17.000.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório