Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Primeira morte registada na Gâmbia devio a Covid-19

Um líder religioso muçulmano de 70 anos, originário do Bangladesh, foi a primeira vítima mortal do novo coronavírus na Gâmbia, onde estava depois de várias celebrações religiosas feitas noutros países, anunciaram hoje as autoridades.

Primeira morte registada na Gâmbia devio a Covid-19
Notícias ao Minuto

12:37 - 23/03/20 por Lusa

Mundo Covid-19

De acordo com a agência de notícias France-Presse, o imã tornou-se o segundo caso detetado neste pequeno país da África Ocidental, depois de ter chegado do Senegal no dia 13 de março, disse o Ministério da Saúde em comunicado.

Este cidadão do Bangladesh tinha-se estabelecido na parte residencial de uma mesquita em Bundung, na periferia da capital, Banjul, "e estava envolvido em atividades religiosas, estando em contacto com várias pessoas", lê-se ainda na declaração emitida no domingo e recebida hoje pela AFP.

"Dizem que ele já viajou antes para outros seis países, nos quais também celebrou cerimónias religiosas", lê-se ainda na declaração, que dá conta que o homem, diabético, morreu numa ambulância a caminho do hospital, depois de ter ido pedir ajuda a um centro de saúde.

As autoridades da Gâmbia estão "ativamente a procurar" as pessoas com quem o imã esteve em contacto e vão avisar os seis países que o imã visitou, e que não foram ainda divulgados.

Mais de 15 mil pessoas já morreram em todo o mundo infetadas por Covid-19, de acordo com um balanço feito pela Agência France-Presse (AFP) a partir de dados oficiais divulgados hoje às 11:00.

De acordo com o novo balanço divulgado às 11:00, o novo coronavírus matou 15.189 pessoas em todo o mundo desde que surgiu em dezembro, a maioria na Europa (9.197).

Foram registados mais de 341.300 casos de infeção em mais de 174 países e territórios desde o início da epidemia.

Com 5.476 mortes, a Itália é o país mais afetado à frente da China (3.270), foco inicial do contágio, e Espanha (2.182).

O continente africano regista já pelo menos 40 mortes devido ao novo coronavírus, ultrapassando os 1.250 casos em 43 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia da covid-19.

No total, estão contabilizados naquele continente 1.267 casos de infeção desde o início da pandemia, tendo o primeiro sido detetado em 14 de fevereiro, no Egito.

De acordo com o portal Worldometer, que compila quase em tempo real a informação da Organização Mundial de Saúde (OMS), dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças de fontes oficiais dos países, de publicações científicas e de órgãos de informação, há registos de mortes pela covid-19 em dez países africanos: Egito, Argélia, Marrocos, Tunísia, Burkina Faso, Gabão, Sudão, Maurícias, Gana e República Democrática do Congo (RDCongo), tendo estes dois últimos registado as suas primeiras mortes.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório