Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Primeiro homem detido por furar quarentena não será acusado

Polícia da Ilha de Man confirmou que multa de mais de 10 mil euros aplicável a casos semelhantes não iria ser aplicado. Jovem de 26 furou quarentena pois não tinha forma de se isolar.

Primeiro homem detido por furar quarentena não será acusado

O primeiro homem a ser detido no Reino Unido por furar a quarentena imposta pelo governo de Boris Johnson não será, noticia o Daily Mail, formalmente acusado. 

Segundo esta publicação, este homem de 26 anos encontrava-se na Ilha de Man quando foi intercetado pela polícia local, mas como não tinha sítio para se isolar não foi acusado.

Apesar de ter passado a noite na prisão, tendo sido detido esta quinta-feira à noite, terá chegado a esta localidade antes da imposição das medidas restritivas quanto ao contacto social. 

Encontrado agora um espaço para se confinar durante os 14 dias de quarentena imposta a qualquer viajante, uma vez que chegava de Lancashire, este homem conseguiu assim escapar a uma pena de prisão que podia ir até três meses e uma multa superior a 10 mil euros.

Relembre-se que o Reino Unido, nos últimos dias, tem sido fortemente afetado pelo crescente número de contágios no seu território, contabilizando-se já 177 e milhares de infetados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório