Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 26º

Câmara dos Representantes dos EUA aprova ajuda anunciada por Trump

A Câmara dos Representantes norte-americana aprovou hoje a legislação que permite ajudar diretamente os norte-americanos que sofrem a nível psicológico, emocional e financeiro com o surto do novo coronavírus no país.

Câmara dos Representantes dos EUA aprova ajuda anunciada por Trump
Notícias ao Minuto

13:49 - 14/03/20 por Lusa

Mundo Covid-19

A aprovação surgiu depois do Presidente Donald Trump ter declarado o estado de emergência nacional, libertando dinheiro e recursos que permitem combater a pandemia e dado o seu apoio ao pacote de ajuda que foi votado pelo Congresso.

Na sexta-feira, em conferência de imprensa na Casa Branca, Donald Trump anunciou que estava "a declarar oficialmente o estado de emergência nacional" e que iria libertar fundos até cerca de 50 mil milhões de euros para "responder à crise".

Trump também anunciou um conjunto de medidas para por em prática, incluindo uma nova parceria público-privada para aumentar localmente os testes de coronavírus, enquanto Washington tenta impedir a propagação que está a agitar os mercados, a fechar instituições e a perturbar a vida dos norte-americanos.

O Presidente Donald Trump negou, no entanto, qualquer responsabilidade pelo atraso em disponibilizar os testes para detetar o Covid-19, uma vez que está a ser criticado pela sua lentidão em responder à pandemia.

"Eu não assumo nenhuma responsabilidade pela lenta disponibilização dos testes", disse então Donald Trump.

Com a aprovação pela Câmara dos Representantes, controlada pelo Partido Democrata, com 363 a favor e 40 contra, o diploma irá agora ser debatido e votado pelo Senado, onde os Republicanos têm a maioria.

Os Estados Unidos já registaram 50 mortos entre os mais de 2.200 casos registados de Covid-19, mas receia-se que o verdadeiro número possa ser bastante superior face ao pequeno número de testes realizados.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 5.500 mortos em todo o mundo, levando a Organização Mundial de Saúde (OMS) a declarar a doença como pandemia.

O número de infetados ultrapassou as 140.000 pessoas, com casos registados em mais de 135 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 169 casos confirmados.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório