Meteorologia

  • 29 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Aquecimento global e subida do nível do mar ameaçam metade das praias

As alterações climáticas e a subida do nível dos oceanos podem provocar o desaparecimento de metade das praias de areia no mundo até ao final do século, segundo um estudo divulgado hoje na revista Nature Climate Change.

Aquecimento global e subida do nível do mar ameaçam metade das praias
Notícias ao Minuto

23:25 - 02/03/20 por Lusa

Mundo Clima

E mesmo no cenário de a humanidade reduzir acentuadamente as suas emissões de gases com efeito de estufa, responsáveis pela subida da temperatura média global, mais de um terço dos litorais arenosos estão ameaçados, apontou-se no estudo.

O seu desaparecimento teria um impacto nas atividades turísticas, mas não só.

"Além do turismo, as praias de areia oferecem com frequência o primeiro mecanismo de proteção contra as tempestades e as inundações, pelo que sem elas os impactos dos acontecimentos climáticos extremos vão ser provavelmente mais fortes", avisou Michalis Vousdoukas, que dirigiu o estudo e é investigador no Centro Comum de Investigação da Comissão Europeia. "Devemos preparar-nos", insistiu.

As praias de areia ocupam mais de um terço dos litorais a nível mundial e situam-se, com frequência, nas regiões muito povoadas. Mas estão ameaçadas pela erosão resultante das construções novas, da subida do nível do mar e das tempestades, que ameaçam as infraestruturas e as vidas.

A Austrália pode ser o país mais afetado, com cerca de 15 mil quilómetros de praias de areia riscadas do mapa dentro de 80 anos, mais do que Canadá, Chile e EUA. Outros países ameaçados são México, China, Federação Russa, Argentina, Índia e Brasil.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório