Meteorologia

  • 27 OUTUBRO 2020
Tempo
18º
MIN 11º MÁX 19º

Edição

Covid-19: Londres prepara plano perante provável agravamento

O governo britânico vai publicar na terça-feira um plano de combate à propagação do novo coronavírus, anunciou hoje o primeiro-ministro, Boris Johnson, que admitiu um provável agravamento da situação nos próximos dias.

Covid-19: Londres prepara plano perante provável agravamento
Notícias ao Minuto

13:44 - 02/03/20 por Lusa

Mundo Londres

importante sublinhar que este é um problema que é provável que se torne mais significativo nos próximos dias e semanas. Vamos fazer todos os preparativos possíveis para esse [cenário]", afirmou, após uma reunião de emergência do comité COBRA, no qual se juntam elementos de diferentes ministérios e agências governamentais.

Johnson prometeu detalhes sobre os "passos necessários razoáveis e possíveis para conter a propagação da doença" decididos hoje, na terça-feira e nos próximos dias, de acordo com o "conselho científico" dos especialistas e médicos.

A mobilização de médicos aposentados e a dissuasão do uso de transportes públicos, apelando às pessoas que trabalhem de casa, são algumas das possíveis medidas referidas na imprensa britânica.

Na semana passada, o diretor geral de saúde britânico, Chris Whitty, admitiu que qualquer tipo de medidas, como o encerramento de escolas e outros serviços públicos e o cancelamento de eventos, como competições desportivas, concertos ou atividades culturais, poderá prolongar-se por vários meses.

"Uma das coisas que é evidente neste vírus, muito mais do que a gripe, é que tudo o que fizermos, teremos de o fazer por um longo período de tempo, provavelmente mais de dois meses", indicou.

O número de casos confirmados no Reino Unido é de 36, dos quais 13 foram diagnosticados no domingo, incluindo um sem qualquer histórico de viagem ou contacto com pessoas infetadas, tendo o nível de alerta sido elevado durante o fim de semana de "baixo" para "moderado".

Até agora, foram testadas 11.750 pessoas no país.

Boris Johnson foi criticado por estar apenas agora a liderar uma reunião de emergência sobre este tema, apesar de o governo estar a comunicar e a intervir há vários dias, incluindo a atualização diária do número de casos e de outro tipo de informação associada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório