Meteorologia

  • 06 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 18º

Edição

Aulas suspensas no Iraque e locais públicos encerrados até 7 março

O Governo do Iraque anunciou hoje a suspensão de aulas em escolas e universidades a partir de quinta-feira e a proibição de reuniões em locais públicos devido ao novo coronavírus, que já infetou seis pessoas no país.

Aulas suspensas no Iraque e locais públicos encerrados até 7 março

Locais públicos, como lojas, cafés e cinemas, vão estar encerrados a partir de quinta-feira e até 7 de março.

Os iraquianos estão também proibidos de viajar para a China, Irão, Japão, Coreia do Sul, Tailândia, Singapura, Itália, Kuwait e Bahrein, anunciou o ministro da Saúde, Yaafar Sadeq Alaui.

Em comunicado, o ministro, que também preside ao Comité de Crise criado na sequência da expansão do Covid-19, precisou que as delegações oficiais e as missões diplomáticas estão libertas das limitações de viagens.

Yaafar Sadeq Alaui acrescentou que não serão admitidos no país cidadãos provenientes do Kuwait e do Bahrein.

"Todos os ministérios e instituições têm de avaliar o estado de concentração nos seus próprios departamentos e tomar as medidas necessárias para evitar possíveis transmissões do vírus", precisa a nota.

O Governo do Iraque informou hoje que 8.000 pessoas que chegaram ao país nos últimos dias provenientes do Irão, país com o qual a nação árabe interrompeu os voos desde a semana passada, estão sob vigilância.

Até ao momento, o Iraque registou seis casos de pessoas infetadas com o novo coronavírus, mas as autoridades acreditam que o número de doentes pode "crescer exponencialmente" dada a relação com o Irão, país de onde chegam todos os anos milhares de peregrinos para visitarem lugares sagrados xiitas.

Os dois países mantêm intensas relações económicas e comerciais.

O balanço provisório da epidemia do Covid-19 é de mais de 2.700 mortos e mais de 81 mil infetados, de acordo com dados reportados por mais de 40 países e territórios.

Das pessoas infetadas, quase 30 mil recuperaram.

Além de 2.717 mortos na China, onde o surto começou no final do ano passado, há registo de vítimas mortais no Irão, Coreia do Sul, Itália, Japão, Filipinas, França e Taiwan.

A Organização Mundial de Saúde declarou o surto do Covid-19 como uma emergência de saúde pública de âmbito internacional e alertou para uma eventual pandemia, após um aumento repentino de casos em Itália, Coreia do Sul e Irão nos últimos dias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório