Meteorologia

  • 06 ABRIL 2020
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 18º

Edição

Milhares em homenagem às vítimas dos tiroteios na Alemanha: "Nazis, rua!"

As imagens das vigílias que decorreram, durante a noite de ontem.

Milhares de pessoas, em vários pontos da Alemanha, reuniram-se, durante a noite de ontem, para prestar homenagem às nove vítimas dos tiroteios motivados por razões xenófobas de extrema-direita que ocorreram, na passada quarta-feira, em dois bares de shisha, em Hanau

Entre velas e flores, nas vigílias houve quem saísse à rua também em protesto com cartazes a condenar os crimes de ódio, o racismo e a xenofobia, e ainda contra a ascensão da extrema-direita na Alemanha. 

"Não podia estar mais incomodado. Temos de cortar o mal pela raiz se o nazismo está de volta", disse Inge Bank, um homem de 82 anos que mora perto de um dos bares em que se deu um dos tiroteios, cita o The Guardian. 

"Nunca mais!", "Juntos venceremos o racismo" e "Nazis, rua!", foram algumas das frases que marcaram as palavras de ordem, ontem à noite, um pouco por toda a Alemanha. 

O alegado autor do "massacre" - o alemão Tobias Rathjen, de 43 anos - foi encontrado morto, depois dos tiroteio na sua residência, perto do corpo da sua mãe, de 72 anos. Tanto o suspeito como a sua mãe tinham ferimentos de bala, e a arma foi encontrada junto de Tobias, adiantaram as autoridades. 

Na sua casa ainda terão sido encontrados uma carta a confessar os crimes e um vídeo, sendo que em ambos o suspeito defende posições políticas de extrema-direita. 

A investigação do ataque foi assumida pela procuradoria-geral alemã e o caso está a ser tratado como um ato de terrorismo doméstico.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório