Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2020
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Adolescente impediu bullying entre dois colegas e foi morto dias depois

Polícia deteve um suspeito do homicídio, que é o aluno que estava a fazer bullying e que foi impedido pela vítima.

Adolescente impediu bullying entre dois colegas e foi morto dias depois

Um adolescente de 16 anos de idade foi baleado mortalmente dias depois de ter impedido um incidente de bullying entre dois colegas de escola, sendo um deles o suspeito do crime.

De acordo com a polícia de Arlington, no Texas, o jovem foi baleado na passada quinta-feira, perto de sua casa, e foi transportado em estado grave para o hospital, onde acabou por sucumbir aos ferimentos.

A escola secundária de Arlington identificou a vítima como sendo Samuel Reynolds.

A polícia deteve no mesmo dia do crime um suspeito do sexo masculino mas não foi revelada a sua identidade por ser um menor de idade.

"Este foi um caso muito duro emocionalmente para os agentes, médicos e investigadores que responderam ao alerta. Vamos direcionar a nossa atenção para o motivo que levou um jovem adolescente a ter acesso a uma arma", explicou a polícia em comunicado.

De acordo com as autoridades, Samuel viu um colega a ser acossado pelo suspeito e decidiu intervir. "A nossa vítima tinha intervido num conflito dias antes com um rapaz mais novo que estava a ser incomodado e depois de se ter metido começou a arranjar problemas com o suspeito", indicou o agente Christopher Cook.

Na passada sexta-feira, a escola onde Samuel estudava levou a cabo uma vigília em nome do aluno, onde se juntaram dezenas de colegas e professores.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório