Meteorologia

  • 28 MAIO 2020
Tempo
26º
MIN 20º MÁX 33º

Edição

Austrália. Este casal enfrentou as chamas para salvar cangurus bebés

Gary Wilson e Julie Willis enfrentaram as chamas que invadiram a comunidade de Wytaliba, na Austrália, para salvarem a sua casa e os cangurus que lá se refugiaram.

Apesar das chamas que invadiram a comunidade de Wytaliba, na Austrália, em novembro do ano passado, Gary Wilson e a companheira Julie Willis decidiram permanecer na sua casa para salvar os bebés cangurus que lá se refugiaram.

Mais de uma dúzia de cangurus entraram na sala do casal para se protegerem das chamas.

"Tínhamos demasiados animais dentro de casa e à volta da casa, por isso não podíamos fugir. Decidimos ficar e lutar", disse Wilson à Reuters, à porta de casa, agora rodeada por terra e veículos queimados.

"Às três da tarde estava um belo dia de verão, às quatro já era de noite", explica. "Não se conseguia ver além de 20 metros e depois a tempestade de fogo chegou e queimou tudo", recorda.

Pelo menos durante 14 horas, Gary WIlson e Julie Willis defenderam-se das chamas com extintores, mangueiras e tudo o que tinham a seu dispor. Boa preparação e uma boa dose de sorte foi o que ajudou o casal a manter a sua casa intacta.

O incêndio de 8 de novembro que afetou a comunidade, matou dois dos vizinhos de Wilson. "Foi horrível... todos os arbustos ficaram queimados", recorda.

Willis refere nunca ter visto incêndios tão poderosos a que nem os animais conseguissem escapar. "Só depois do incêndio é que percebemos o quão perto da morte estivemos. Na altura, estávamos demasiado ocupado a combater as chamas", acrescentou.

Normalmente, Wilson e Willis tomam conta de cangurus que perdem as mães, mas atualmente esse número aumentou substancialmente. Os bebés cangurus são alimentados com uma fórmula de leite especial de duas a quatro horas e eventualmente serão novamente colocados no seus habitat natural.

"Não tivemos filhos e é assim que passamos o tempo", explicou. "Achamos que vale a pena olhar pelos nossos bebés, independentemente da espécie que são", remata.

época de incêndios na Austrália matou cerca de 33 pessoas e uma estimativa de mil milhões de animais, desde setembro. Cerca de 2.500 casas ficaram destruídas e mais de 11,7 milhões de hectares foram dizimados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório