Meteorologia

  • 09 ABRIL 2020
Tempo
18º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Jovem com deficiência morre sozinho em casa. Família estava de quarentena

Adolescente de 17 anos tinha paralisia cerebral e ficou sozinho seis dias, porque o pai e o irmão foram colocados de quarentena.

Jovem com deficiência morre sozinho em casa. Família estava de quarentena

Um adolescente chinês com paralisia cerebral, residente num vila da província de Hubei, cuja capital é o epicentro do surto do novo coronavírus, morreu depois de ter ficado sozinho em casa durante seis dias, por causa do protocolo de quarentena implementado localmente.

O pai e o irmão de Yan Cheng, que tinha 17 anos de idade, foram colocados de quarentena num estabelecimento criado para o efeito e não puderam sair durante uma semana, de acordo com o reportado pelo jornal estatal Youth Daily, citado pelo South China Morning Post.

Yan Cheng foi encontrado sem vida na sua cama, na quarta-feira, seis dias depois do seu pai e do seu irmão de 11 anos terem sido retirados de casa e colocados em isolamento num estabelecimento a 24 quilómetros de casa. Ambos tinham febre e eram, portanto, casos suspeitos de infeção.

Impedido de sair do isolamento, o pai de Yan publicou mensagens a pedir ajuda através da rede social Weibo

As autoridades de Hong'an, uma região a cerca de 90 quilómetros de Wuhan, capital de Hubei, no centro da China, lançaram uma investigação à morte do adolescente. Estas terão, alegadamente, visitado o adolescente mas alimentaram-no apenas duas vezes ao longo dos seis dias.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório