Meteorologia

  • 19 FEVEREIRO 2020
Tempo
12º
MIN 7º MÁX 19º

Edição

Hamas presente na reunião com a Fatah sobre plano de paz dos EUA

O movimento islamita Hamas, hostil à Fatah do presidente da Autoridade Nacional Palestiniana, Mahmoud Abbas, confirmou a participação no encontro de urgência promovido pela liderança palestiniana sobre o plano de paz dos EUA para o Médio Oriente.

Hamas presente na reunião com a Fatah sobre plano de paz dos EUA
Notícias ao Minuto

10:42 - 28/01/20 por Lusa

Mundo Hamas

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu em Washington, segunda-feira, o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e o líder da oposição de Israel, Benny Gantz.

O plano de paz deve ser anunciado hoje à tarde, mas antes Mahmoud Abbas vai dirigir um encontro que reúne as várias fações palestinianas que já rejeitaram a iniciativa norte-americana, todavia considerada histórica por Netanyahu e Gantz.

De acordo com os palestinianos, o plano propõe o reconhecimento oficial de Jerusalém como única capital de Israel, a anexação dos colonatos da Cisjordânia e do vale do rio Jordão, zona agrícola e estratégica.

Abbas dirige o movimento laico Fatah, no poder na Cisjordânia, hostil aos islamitas do Hamas, que controlam a Faixa de Gaza, enclave palestiniano habitado por dois milhões de pessoas.

"Nós convidamos o Hamas a participar no encontro de urgência e eles vão estar presentes", disse à agência France-Presse Azzam al-Ahmed, alto responsável palestiniano.

Nasser al-Din al-Shaar, do Hamas, também confirmou a presença do movimento na reunião.

Na segunda-feira, os palestinianos pediram à "comunidade internacional" para boicotar o projeto dos Estados Unidos recusando discutir o plano com o Pesidente Donald Trump que acusam de ser demasiado favorável para com Israel.

"As conversações com os norte-americanos não vão acontecer enquanto eles não reconhecerem a solução que prevê a existência dos dois Estados (israelita e palestiniano)", disse um dos responsáveis políticos palestiniano que pediu o anonimato.

Os palestinianos admitem igualmente contactos com responsáveis dos Estados árabes para que seja formalizada a posição de cada um deles em relação ao projeto dos Estados Unidos.

Paralelamente, estão a ser organizadas manifestações que devem decorrer hoje à tarde na Faixa de Gaza, em Nablus e Ramallah, Cisjordânia ocupada.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório