Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2020
Tempo
12º
MIN 11º MÁX 21º

Edição

EUA, China e Rússia são os maiores produtores de armas

Os Estados Unidos, a China e a Rússia são os principais produtores mundiais de armas, revela um relatório divulgado hoje pelo Instituto Internacional de Pesquisa sobre a Paz de Estocolmo (SIPRI na sigla em inglês).

EUA, China e Rússia são os maiores produtores de armas
Notícias ao Minuto

12:31 - 27/01/20 por Lusa

Mundo Armas

O SIPRI, que elabora há três décadas relatórios anuais sobre o comércio de armas, não incluía a China, até agora, devido à falta de dados fiáveis e transparência, mas o aumento de informações disponíveis nos últimos anos permitiu produzir "estimativas fiáveis" sobre as principais empresas chinesas.

O estudo identifica dados de 2015 a 2017 de quatro grandes empresas chinesas que têm disponível informação financeira credível e que totalizam 54.000 milhões de dólares (49.000 milhões de euros) em vendas, o suficiente para ultrapassar a Rússia, embora distante dos Estados Unidos, responsável por mais de metade do comércio mundial.

"Com base nessas estimativas, que contam apenas as vendas de armas de quatro empresas, a China teria a segunda maior participação nacional do total de vendas das cem maiores empresas. É seguro concluir que a China é o segundo maior produtor mundial", destaca o relatório.

Os norte-americanos continuam a ser os quatros primeiros produtores do mundo (Lockheed Martin, Boeing, Northrop Grumman, Raytheon) em 2017, mas a China introduziu três entre os dez primeiros: AVIC, em sexto; NORINCO, em oitavo; e CETC, em nono.

Na nova classificação atualizada, a britânica BAE Systems ocupa o quinto lugar, a norte-americana General Dynamics em sétimo e o consórcio europeu Airbus, em décimo.

Ao contrário da maioria dos principais fabricantes mundiais, as empresas chinesas de armas especializam-se num setor, como a Corporação da Indústria de Aviação da China (AVIC na sigla em inglês), produtora em particular de aviões.

Com vendas de 20.100 milhões de dólares (18.226 milhões de dólares) em 2017, a AVIC também seria a terceira maior fabricante de aviões mundiais, atrás da Lockheed Martin e da Boeing.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório