Meteorologia

  • 28 FEVEREIRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 20º

Edição

Carteiro tinha 24 mil cartas em casa."Dava muito trabalho entregá-las"

A polícia japonesa abriu uma investigação.

Carteiro tinha 24 mil cartas em casa."Dava muito trabalho entregá-las"

Um carteiro japonês foi demitido depois de milhares de cartas e encomendas por entregar terem sido encontradas em sua casa em Kanagawa, perto de Tóquio. Algumas datavam de há 17 anos.

O homem, de 61 anos, foi detido e terá dito às autoridades que acumulou a correspondência porque "dava muito trabalho entregá-las". "Não queria que os meus colegas pensassem que eram menos capaz que os mais jovens", acrescentou.

As autoridades encontraram 24 mil cartas e encomendas na habitação. O posto de correio de Yokohama, onde o carteiro trabalhava já emitiu um pedido de desculpas à população, com a promessa de fazerem chegar os itens aos seus destinatários.

O homem tornou-se suspeito o ano passado depois de uma investigação interna. Após admitir o que tinha feito acabou por ser despedido. Apresentaram uma queixa na polícia sobre mil entregas que não tinham chegado ao destino entre fevereiro de 2017 e novembro do ano passado, mas os relatos, segundo a BBC, sugerem que o carteiro guardava correspondência em casa desde 2003.

Agora poderá ser acusado de violação de correspondência, refere a AFP. Caso seja condenado enfrenta uma pena de até três anos de prisão ou uma multa no valor de 500 mil iénes (cerca de 4 mil euros).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório