Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2020
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 17º

Edição

Novo caso suspeito de infeção por coronavírus no País Basco

Trata-se de uma mulher que esteve recentemente em Wuhan, na China.

Novo caso suspeito de infeção por coronavírus no País Basco

Depois de, esta sexta-feira, as autoridades espanholas terem afastado as suspeitas quanto a dois possíveis casos de infeção por coronavírus, surge agora um novo caso que chamou a atenção dos médicos em Biscaia, no País Basco. Trata-se de uma mulher que esteve na China e que está internada no Hospital Universitario Cruces, em Espanha.

O El Mundo detalha que a Diretora de Saúde Pública do Governo Basco foi informada, na tarde desta sexta-feira, de um caso suspeito de pneumonia associada ao coronavírus, que já matou mais de 20 pessoas na China. A paciente regressou recentemente de Wuhan, o epicentro do surto, e apresenta os sintomas da doença que têm sido descritos.

A amostra analítica já foi encaminhada para o Centro Nacional de Microbiologia de Majadahonda. Este é um laboratório de referência que irá esclarecer se o vírus já chegou também a Espanha. Os resultados deverão ser conhecidos nas próximas 24 a 48 horas.

Pese embora esta seja apenas uma suspeita, a Diretoria de Saúde Pública do Governo Basco já implementou um protocolo de ação e colocou a paciente em isolamento. Para além disso, foi iniciado um estudo para avaliar as pessoas com quem a possível infetada contactou.

Recorde-se que, esta sexta-feira, o governo francês confirmou três casos infetados com o coronavírus. Tratam-se dos primeiros pacientes confirmados na Europa.

Os primeiros casos do coronavírus '2019 -- nCoV' apareceram na cidade de Wuhan, capital e maior cidade da província de Hubei, no centro da China, quando começaram a chegar aos hospitais pessoas com uma pneumonia viral.

Os sintomas associados à infeção causada por este novo coronavírus são mais intensos do que uma gripe e incluem febre, dor, mal-estar geral e dificuldades respiratórias, incluindo falta de ar.

Dados preliminares, divulgados pela revista médica The Lancet, apontam algumas semelhanças entre o novo coronavírus e o coronavírus que esteve na origem da Síndrome Respiratória Aguda Grave, identificada pela primeira vez na China há mais tempo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório