Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2020
Tempo
18º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Primeiro-ministro britânico já rubricou acordo de saída da UE

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, rubricou hoje o acordo de saída do Reino Unido da União Europeia, que foi ratificado pelo parlamento esta semana.

Primeiro-ministro britânico já rubricou acordo de saída da UE

O documento, rubricado hoje de manhã pela presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, foi transportado mais tarde para Londres por comboio.

O chefe do governo britânico declarou que se trata de um "momento fantástico", que "cumpre finalmente o resultado do referendo de 2016 e termina como demasiados anos de discussões e divisões", conforme o comunicado que o seu gabinete divulgou.

O próximo passo do processo de saída do Reino Unido da UE será dado pelo Parlamento Europeu, que vota na quarta-feira o acordo negociado por Boris Johnson, que protege os direitos de residência dos cidadãos europeus e britânicos, estabelece uma compensação financeira a pagar pelo Reino Unido e introduz um protocolo para evitar uma fronteira física na Irlanda do Norte.

O dia 31 de janeiro será o dia do Brexit: O Reino Unido sai oficialmente da UE às 23:00 locais (mesma hora em Lisboa), data adiada três vezes, concretizando o resultado do referendo realizado em 2016, quando 52% dos eleitores votaram a favor da saída do Reino Unido.

Depois, a 1 de fevereiro, inicia-se um período de transição até 31 de dezembro de 2020, que mantém na prática o Reino Unido dentro do mercado único, estando o país obrigado a respeitar as regras europeias, mas sem estar representado nas instituições de Bruxelas nem participar nas decisões.

O objetivo é evitar uma mudança repentina, dando tempo a que empresas e cidadãos se adaptem.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório