Meteorologia

  • 26 NOVEMBRO 2020
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Governo da Tunísia paga recompensas por denúncias de corrupção

O primeiro-ministro tunisino, Youssef Chahed, ofereceu hoje recompensas de até 50.000 dinares (16.000 euros) a quem denunciar situações de corrupção e colaborar com a Instância Nacional de Luta Contra a Corrupção (INLUCC).

Governo da Tunísia paga recompensas por denúncias de corrupção
Notícias ao Minuto

23:11 - 09/12/19 por Lusa

Mundo Tunísia

Ao discursar durante o quarto Congresso Nacional de Luta Contra a Corrupção, Chahed explicou que, durante a próxima semana, vai ser promulgado um decreto-lei que permite aos denunciantes beneficiar de cinco por cento do dinheiro recuperado pelo Estado.

O chefe do governo congratulou-se pelos êxitos conseguidos durante o seu mandato neste assunto, a que atribuiu a melhoria da posição do país no Índice de Perceção da Corrupção da organização não-governamental Transparência Internacional, em que surge na posição 73.

"É uma guerra de longo prazo, que requer vontade e determinação, para enfrentar grupos de pressão e redes mafiosas", afirmou Chahed, citado pela agência estatal de noticias TAP, antes de realçar o conjunto legislativo aprovado desde a sua chegada ao governo, em 2016.

Das várias medidas, destacou o texto contra o enriquecimento ilícito e o conflito de interesses, que entrou em vigor há um ano e obrigou deputados, jornalistas, magistrados, dirigentes de associações, presidentes de entidades independentes e agentes do Estado a declarar o seu património, sob pena de prisão e multa até três mil euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório