Meteorologia

  • 10 ABRIL 2020
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 21º

Edição

Primeiro-ministro da Geórgia deixa cargo e diz ter cumprido a sua tarefa

O primeiro-ministro da Geórgia, Mamuka Bajtadze, anunciou hoje a sua demissão do cargo, considerando que cumpriu a sua missão à frente do governo daquele país.

Primeiro-ministro da Geórgia deixa cargo e diz ter cumprido a sua tarefa
Notícias ao Minuto

13:45 - 02/09/19 por Lusa

Mundo Geórgia

"Foram criados os marcos para o desenvolvimento estratégico da Geórgia e tomei a decisão de deixar o meu cargo porque considero a minha missão cumprida nesta etapa", escreveu o político georgiano numa mensagem publicada no Facebook.

Também acrescentou que entre as suas tarefas estava "levar a um novo nível qualitativo as relações com os Estados Unidos, a União Europeia (UE) e a NATO".

"Nunca antes estivemos tão próximos da família europeia", afirmou.

Um representante do partido no poder, o Sonho Georgiano, confirmou à imprensa que a formação anunciará o nome do possível substituto de Bajtadze na terça-feira.

O substituto mais provável para Bajtadze no comando do executivo será, segundo os especialistas, Gueorgui Gajaria, atual vice-primeiro-ministro e ministro do Interior do país.

O partido no poder deve apresentar ao Presidente do país a candidatura do novo chefe de Governo dentro de um período de sete dias, após o qual deve submeter-se à aprovação do Parlamento do país, onde o partido que governa tem 115 dos 150 assentos.

Bajtadze, antigo ministro das Finanças da Geórgia, foi eleito chefe do governo em junho do ano passado, após a renúncia de Gueorgui Kvirikashvili, que deixou o cargo devido a diferenças com o partido no poder e no meio de protestos antigovernamentais que abalaram o país.

A renúncia de Bajtadze ocorre dois meses após um aumento nas tensões com a Rússia, após uma vaga de protestos contra a presença de um deputado russo no Parlamento da Geórgia.

Após os tumultos das manifestações, que provocaram mais de 200 feridos, Moscovo decretou a suspensão temporária de voos de passageiros entre os dois países, o que causou um duro golpe à indústria do turismo da Geórgia.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório