Meteorologia

  • 15 JUNHO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

Máquinas de médico em estado vegetativo começam a ser desligadas hoje

Vincent Lambert tornou-se num símbolo do debate sobre a eutanásia.

Máquinas de médico em estado vegetativo começam a ser desligadas hoje

Os médicos franceses começam a desligar esta segunda-feira as máquinas de suporte de vida do homem tetraplégico que tem estado no centro do debate sobre a eutanásia em França. Vincent Lambert, de 42 anos, tem estado em estado vegetativo desde que sofreu um acidente de mota em 2008 e o seu destino dividiu tanto o país como a sua própria família. Depois das máquinas desligadas, o homem deverá morrer num espaço de poucos dias.

Há muitos anos que a sua mulher queria que os tubos de alimentação lhe fossem retirados, mas os seus pais insistiam que a vida deveria continuar, ainda que naquelas condições. Depois de uma batalha judicial que durou anos e que opôs os vários membros da família de Vincent será agora feita a interrupção do tratamento, que alimentava e hidratava o francês.

Os sistemas começam a ser desligados durante o dia de hoje, com o advogado dos pais de Vincent a classificarem a ação como "vergonhosa", conta a BBC.

Em 2011, todas as hipóteses de recuperação foram descartadas e em 2014 o seu estado foi classificado como vegetativo. Apesar disso, o homem foi mantido vivo, durante mais de uma década, no Hospital de Reims, enquanto a família batalhava nos tribunais.

Em França, a eutanásia não é permitida, no entanto, a lei dita que os tratamentos só devem ser prolongados até ao limite da razoabilidade e que isso é definido pela equipa médica que acompanha o caso.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório