Meteorologia

  • 21 MAIO 2019
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 22º

Edição

Encontrado plástico no fundo do oceano durante recorde de mergulho

Um explorador norte-americano desceu a quase 11 quilómetros de profundidade na Fossa das Marianas, o ponto mais fundo dos oceanos. Encontrou um saco de plástico e embalagens de doces.

Encontrado plástico no fundo do oceano durante recorde de mergulho
Notícias ao Minuto

10:30 - 14/05/19 por Fábio Nunes 

Mundo Ambiente

Victor Vescovo bateu recentemente um importante recorde, o do mergulho mais profundo de sempre. De acordo com a BBC, o explorador norte-americano desceu num submersível aos 10.927 metros de profundidade no ponto mais fundo dos oceanos, a Fossa das Marianas, situada no oceano Pacífico.

Este deveria ser o grande destaque, um importante registo da exploração no fundo dos oceanos, no entanto há algo que está a ser ainda mais enfatizado do que o recorde de Victor Vescovo.

O explorador passou quatro horas no seu submersível a explorar o fundo do oceano e durante esse período de tempo encontrou um saco de plástico e embalagens de doces.

Também foram encontradas criaturas no fundo do oceanos, principalmente crustáceos semelhantes a camarões. Foram recolhidos alguns espécimes, que agora serão analisados para perceber, entre outras coisas, se contêm microplásticos. Um estudo recente demonstrou que este é um problema que até atinge os animais que vivem a grandes profundidades.

Esta foi apenas a terceira vez que o ser humano chegou a uma profundidade significativa no fundo do oceano. O primeiro mergulho à Fossa das Marianas aconteceu em 1960. Don Walsh e Jacques Piccard no batíscafo Trieste. Em 2012, o realizador James Cameron mergulhou num submersível sozinho e também desceu à Fossa das Marianas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório