Meteorologia

  • 21 MAIO 2019
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

Equipa de basquetebol viveu hora de pânico a bordo de Boeing 737

O aparelho transportava a equipa de basquetebol lituana quando sofreu uma falha nos sistemas de navegação e foi obrigado a aterrar de emergência.

Equipa de basquetebol viveu hora de pânico a bordo de Boeing 737
Notícias ao Minuto

13:53 - 09/04/19 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Aviação

Um Boeing 737 da companhia de voos charter Klasjet provocou o pânico nos passageiros durante o regresso da equipa de basquetebol lituana Zalgiris Kaunas. Pouco depois de descolarem de Madrid em direção a Istambul, na passada sexta-feira, os pilotos foram obrigados a fazer uma aterragem de emergência, mas tal não aconteceu à primeira.

O avião sofreu um problema no sistema de navegação, a 5.000 pés de altitude, o que o impedia de aterrar, pois o piloto não sabia a que velocidade viajava naquele momento. Foi declarado o estado de emergência do aparelho, que foi guiado pelos controladores de tráfego aéreo de Madrid, tendo sido obrigados a limpar o trânsito nas imediações do espaço aéreo do charter.

A aeronave tentou por duas vezes aterrar no aeroporto da capital espanhola, mas devido ao mau tempo e depois de duas tentativas fracassadas, decidiu experimentar aterrar na base militar de Getafe, onde conseguiu pousar, 45 minutos depois da descolagem.

O avião tinha sido contratado em exclusivo para permitir o regresso da equipa depois de esta ter vencido o Real Madrid, na Liga Europa da modalidade.

A empresa Klasjet garantiu que em nenhum momento os passageiros tinham estado em perigo, no entanto não foi a essa a experiência relatada.

Foi "uma hora de puro terror e pânico", disse um dos passageiros citados pela imprensa espanhola. O próprio líder da equipa admitiu que para já a equipa não está preparada psicologicamente para voltar a voar naquele aparelho.

"Sinto-me muito mais perto dos meus filhos depois de ter visto o que significa estar à beira da morte. Graças a Deus que nos foi permitido viver um dia mais", escreveu numa publicação das redes sociais Lenzie Quist, a mulher do jogador Brandon Davies. Amber Grissom, mulher de Deon Thompson, declarou que tinha sido "a experiência mais aterradora" e que ainda estava em choque.

View this post on Instagram

I enjoyed my time in Madrid supporting my husband and his team and returning to a familiar a city, which we visited a lot when we lived in Spain for 1.5 years. The trip was amazing and my husband’s team WON, which advanced them to the top 8 of Euroleague. Next Stop, Istanbul! Well, having a fantastic visit quickly faded when we had an emergency landing. The emergency landing was the most frightening experience and I am still in shock. So, flying to Kaunas was ABSOLUTELY the furthest thought from my mind. I explored options to not fly back to our city- 32 hours by car or 2 days by train- yes, absurd amounts of time. Overall, flying is safe and I did fly today, but made sure it was not the same plane! I am grateful for a safe emergency landing yesterday and a safe flight to Kaunas today.

A post shared by Amber Thompson (@ambergrissom) on Apr 6, 2019 at 12:22pm PDT

O incidente surge no momento em que a Boeing se encontra no centro de uma enorme perda de confiança depois de dois dos seus aviões 737-Max 8 terem estado envolvidos em acidentes mortais.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório