Meteorologia

  • 16 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 24º

Edição

Após três meses, Bolsonaro tem maior taxa de desaprovação desde 1990

30% dos brasileiros que participaram na sondagem da Datafolha consideram o governo de Bolsonaro péssimo.

Após três meses, Bolsonaro tem maior taxa de desaprovação desde 1990

Os primeiros três meses da presidência de Jair Bolsonaro não agradaram aos inquiridos numa sondagem da Datafolha, que foi divulgada este domingo. Segundo o G1, Bolsonaro tem a maior taxa de desaprovação de um presidente no início de mandato desde 1990.

Fernando Collor teve uma taxa de desaprovação de 19%, Fernando Henrique Cardoso de 16%, Lula da Silva de 10% e Dilma Rousseff teve uma desaprovação de 7%.

Ainda assim a maioria dos inquiridos (32%) mostra-se agradada com o governo de Bolsonaro, mas a diferença é muito ligeira e perde na comparação com o registo da taxa de aprovação dos anteriores presidentes. Dilma contou com uma taxa de 47% de aprovação no primeiro trimestre no poder. Lula teve 43%, Fernando Henrique Cardoso 39% e Fernando Collor 36%.

33% dos inquiridos avaliam a presidência de Bolsonaro como regular.

As expetativas futuras não são mais animadoras. De acordo com os dados da Datafolha, 59% dos inquiridos esperam uma boa ou ótima governação de Bolsonaro. No caso de Lula as expetativas de uma boa ou ótima presidência atingiam os 76% e no de Dilma chegavam aos 77%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório