Meteorologia

  • 23 MARçO 2019
Tempo
23º
MIN 22º MÁX 24º

Edição

Facebook remove 1,5 milhões de vídeos do ataque da Nova Zelândia

Atirador filmou ataque a mesquitas onde matou 50 pessoas e feriu outras tantas.

Facebook remove 1,5 milhões de vídeos do ataque da Nova Zelândia
Notícias ao Minuto

12:42 - 17/03/19 por Natacha Nunes Costa 

Tech Terrorismo

O Facebook revelou, este domingo, que nas primeiras 24 horas após os ataques às mesquitas na Nova Zelândia, onde morreram 50 pessoas, removeu 1,5 milhões de vídeos que mostravam o massacre cometido por Brenton Tarrant e transmitido em direto por este nas redes sociais.

A empresa revela ainda que 1,2 milhões destes vídeos foram bloqueados antes de serem publicados. Por respeito às famílias e amigos das vítimas, o Facebook decidiu remover todos os vídeos do ataque, mesmo que estes não mostrem imagens chocantes.

“Por respeito às pessoas afetadas por esta tragédia e em parceria com as autoridades locais, estamos a remover também todas as versões editadas do vídeo, mesmo que não mostrem conteúdo explícito”, lê-se no comunicado partilhado no Twitter e assinado por Mia Garlick, representante desta rede social na Nova Zelândia.

Recorde-se que a primeira-ministra neozelandesa já tinha admitido, este domingo, que pretende discutir com a rede social Facebook a transmissão de vídeos em direto, após a transmissão ao vivo, na sexta-feira, do ataque que causou a morte de 50 pessoas. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Recebe truques e dicas sobre Internet, iPhone, Android, Instagram e Facebook!

O mundo tecnológico em noticias, fotos e vídeos.

Obrigado por ter ativado as notificações de Tech ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório