Meteorologia

  • 24 OUTUBRO 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 21º

Edição

Negociações com os EUA só trarão danos, diz líder Supremo do Irão

O líder supremo do Irão disse hoje que negociações com os Estados Unidos só trarão "danos materiais e espirituais", no mesmo dia em que começa na Polónia um encontro liderado por Washington sobre o Médio Oriente.

Negociações com os EUA só trarão danos, diz líder Supremo do Irão

As declarações do ayatollah Ali Khamenei fazem parte de um comunicado com sete páginas lido hoje na íntegra na televisão estatal iraniana.

A tensão entre o Irão e os Estados Unidos tem vindo a subir desde que o presidente norte-americano, Donald Trump, decidiu o ano passado retirar o país do acordo internacional com Teerão sobre o nuclear de 2015 e restabelecer sanções ao país.

"Sobre os Estados Unidos, a resolução de quaisquer problemas não é imaginável e negociações com eles não trarão nada além de danos materiais e espirituais", disse Khamenei.

A conferência na Polónia foi anunciada a 11 de janeiro pelo secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, que definiu como objetivo do encontro promover a estabilidade no Médio Oriente, centrada na influência do Irão.

Teerão reagiu dois dias depois, convocando o encarregado de negócios da Polónia em Teerão para expressar o seu protesto contra a realização da conferência em Varsóvia.

"É um movimento hostil dos Estados Unidos contra a República Islâmica e espera-se que a Polónia se abstenha de colaborar com os Estados Unidos", avisou o ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano em comunicado.

Representantes de 60 países estarão presentes na reunião, segundo a diplomacia polaca, incluindo dez Estados do Médio Oriente e todos os membros da União Europeia (UE). A Rússia, a Autoridade Nacional Palestiniana e o Líbano recusaram participar.

O ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano, Mohammad Javad Zarif, considerou hoje que a conferência de Varsóvia é um "nado morto".

"Trata-se de uma nova tentativa dos Estados Unidos para continuar com a sua obsessão pelo Irão, que é infundada", declarou Zarif numa conferência de imprensa em Teerão.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório