Meteorologia

  • 26 ABRIL 2019
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

Reino Unido proíbe lojas de animais de venderem cães e gatos bebés

O objetivo é proteger os animais de serem alvo de exploração. Decisão surge após consulta pública que obteve apoio esmagador dos britânicos.

Reino Unido proíbe lojas de animais de venderem cães e gatos bebés
Notícias ao Minuto

11:20 - 26/12/18 por Sara Gouveia 

Mundo Governo

O Reino Unido baniu as vendas de cães e gatos bebés feitas por terceiros de forma a garantir que estes não são explorados. O governo britânico refere que a nova lei vai ajudar a destruir as 'fábricas' de cachorrinhos e fazer com que os vendedores sem escrúpulos e sem preocupações com o bem-estar do animal vejam o seu trabalho dificultado.

O ministro para o bem-estar animal, David Rutley, referiu-se à proibição, citado pelo Huffington Post, como "parte do compromisso para garantir que os animais adorados pela nação têm um início de vida condigno".

A decisão surge depois de uma proposta que esteve sob consulta pública desde agosto deste ano e que recebeu um apoio esmagador por parte dos britânicos.

Segundo a nova medida, quem quiser adotar um cão ou um gato bebé terá de se dirigir diretamente a um criador certificado ou um abrigo de animais, em vez de ir a lojas de animais ou outro tipo de comerciantes.

Os grupos de defesa de animais já elogiaram publicamente a medida, que consideram ser um passo importante. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório