Meteorologia

  • 30 JUNHO 2022
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 24º

Surto de peste suína na China reduz abastecimento para Macau e Hong Kong

Quase 20 explorações de suínos do interior da China suspenderam o abastecimento para Hong Kong e Macau, à medida que continua a alastrar-se o surto de peste suína africana, classificado de "muito grave" pelo Governo.

Surto de peste suína na China reduz abastecimento para Macau e Hong Kong

Desde agosto, foram já registados pelo menos 92 surtos em 23 províncias ou regiões, que levaram já ao abate de 630 mil porcos, segundo a agência estatal China News Service, citada hoje pelo jornal South China Morning Post.

A doença afeta porcos e javalis, mas não é transmissível aos seres humanos. No entanto, coloca em risco o mercado chinês, que produz anualmente 700 milhões de porcos.

A carne daquele animal é parte essencial da cozinha chinesa, compondo 60% do total do consumo de proteína animal no país.

Na terça-feira, dia de Natal, a Administração Geral das Alfândegas revelou que 18 das 154 explorações agrícolas do continente que fornecem suínos a Hong Kong e Macau deixaram de enviar estes animais através da fronteira, segundo o South China Morning Post.

Na província chinesa de Guangdong, vizinha das duas regiões administrativas especiais, quatro das 17 explorações de suínos já suspenderam o fornecimento para os territórios.

Cerca de 3.500 a quatro mil porcos vivos são fornecidos do continente para Hong Kong diariamente, mas não há ainda registo de surtos naquela região, ou em Macau.

No entanto, as autoridades locais estão a intensificar as medidas preventivas, por exemplo, proibindo os agricultores de alimentar os porcos com restos de origem animal e melhorando a higiene nas produções agrícolas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório