Meteorologia

  • 18 AGOSTO 2019
Tempo
21º
MIN 20º MÁX 22º

Edição

Padre católico falso desmascarado em Espanha 18 anos depois

O homem realizou casamentos e batismos apesar de nunca ter sido ordenado.

Padre católico falso desmascarado em Espanha 18 anos depois

Um homem que fingiu ser padre durante mais de 18 anos foi demitido pela Igreja Católica de Espanha. Miguel Angel Ibarra realizava casamentos e batismos, primeiro na Colômbia, depois no sul de Espanha, apesar de nunca ter sido ordenado.

Segundo a Igreja, as cerimónias vão ser reconhecidas na mesma, mas não as comunhões ou confissões que ouviu. 

O homem foi descoberto depois de ter sido apresentada uma queixa na Colômbia, onde era alegado que Miguel Angel tinha forjado os seus documentos, conta a BBC.

Depois de ter sido desencadeada uma investigação, foi revelado que o homem nunca tinha sido ordenado padre e é pedido que regresse à Colômbia.

Miguel Angel mudou-se para Espanha em outubro deste ano, mais especificamente para a cidade de Medina-Sidonia, que tem cerca de 11 mil habitantes.

"Situações como esta podem ofuscar o trabalho dos párocos e dos padres que servem a Igreja todos os dias de forma exemplar", referiu a diocese local em comunicado.

Este não é o primeiro caso do género a acontecer. Em 2008 um homem que também não tinha sido ordenado foi apanhado a ouvir confissões na Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório