Meteorologia

  • 08 ABRIL 2020
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 20º

Edição

China prevê apoiar construção de um novo hospital central em Maputo

O Governo da China prevê apoiar Moçambique na construção de um novo hospital central em Maputo, em substituição do atual com mais de 100 anos, anunciou a unidade de saúde no seu último boletim informativo.

China prevê apoiar construção de um novo hospital central em Maputo
Notícias ao Minuto

07:55 - 11/12/18 por Lusa

Mundo Apoio

O investimento foi discutido durante uma visita do embaixador da China em Moçambique, Su Jian, àquela unidade de saúde, no mês de novembro.

"Estamos interessados em apoiar na construção de um novo hospital", referiu na altura o diplomata, citado pelo boletim, consultado hoje pela Lusa.

Segundo o diplomata, a China já tem prestado apoio ao setor da saúde em Moçambique, através da construção e melhoria de infraestruturas sanitárias no país. Há um ano, um novo bloco pediátrico, construído e equipado com apoio da China, entrou em funcionamento no Hospital Central da Beira, Moçambique.

Saúde, educação e agricultura são "as áreas prioritárias de cooperação internacional da China com o continente africano para os próximos anos", realçou.

A situação do atendimento na principal unidade de saúde da capital moçambicana "não é boa e gostaríamos de ter um hospital moderno aqui em Moçambique que também tivesse a componente da medicina chinesa", referiu, na ocasião, Hussen Ice, diretor nacional de Assistência Médica do Ministério da Saúde.

As partes acordaram em "iniciar imediatamente a preparação das condições necessárias" para que "nos próximos tempos" sejam assinados memorandos de entendimento com vista a materialização do projeto, concluiu.

A China tem sido parceira de Moçambique na construção e financiamento de alguns dos principais empreendimentos públicos mais recentes no país, tais como a ponte sobre a baía de Maputo e respetiva rede de estradas ou o aeroporto internacional de Xai-Xai, em construção. 

Entidades de Moçambique e da China assinaram em setembro, em Pequim, oito memorandos de entendimento, nas áreas das infraestruturas, indústria, telecomunicações, agricultura e serviços financeiros, durante um fórum de negócios que decorreu em paralelo com o terceiro edição do Fórum de Cooperação China-África (FOCAC). 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório