Meteorologia

  • 20 MAIO 2019
Tempo
14º
MIN 12º MÁX 16º

Edição

Caso de suricata desaparecida de zoo resolvido. E há três detidos

O animal bebé desapareceu em setembro deste ano. Agora sabe-se que foi roubado.

Caso de suricata desaparecida de zoo resolvido. E há três detidos
Notícias ao Minuto

16:29 - 15/11/18 por Notícias Ao Minuto 

Mundo Austrália

O roubo de uma suricata bebé de um jardim zoológico em Perth, na Austrália, foi finalmente resolvido e levou à detenção de três suspeitos.

Em setembro deste ano, o zoo de Perth estava pronto para mostrar publicamente a nova cria, de apenas um mês, ao público e aos média, mas um dia antes da apresentação esta desapareceu.

Os funcionários do jardim zoológico chegaram a considerar que o bebé pudesse ter sido levado por um pássaro. Mas outras hipóteses, como um roubo, foram também exploradas.

As autoridades foram chamadas para investigar e dois dias depois encontraram a cria numa casa a 130 quilómetros do jardim zoológico.

Duas pessoas foram acusadas: Jesse Ray Hooker, de 23 anos, de roubo, e Aimee Cummins, com a mesma idade, com recetação. E, esta quinta-feira, foi acusada uma terceira pessoa, uma mulher, de 31 anos, por posse de propriedade roubada.

Presente a juiz, Jesse explicou que trouxe o animal consigo porque "se apaixonou" pelo bebé. Pegou-lhe e transportou-o numa marmita que tinha consigo. Referiu ainda que no caminho para casa aumentou o volume da música no carro para que Aimee, que desconhecia o roubo, não ouvisse o choro do animal. O casal levou depois o animal para sua casa, para juntar aos quatro cães e dois gatos que já tinham.

De acordo com o seu advogado, citado pela Associated Press, o homem estava em processo de devolver o animal quando a polícia ligou. "A simplicidade do crime fez com que a polícia conseguisse capturar e seguir a suricata rapidamente", explicou.

Jesse foi condenado a pagar uma multa de quatro mil dólares australianos (cerca de 2.500 euros).

O pequeno suricata foi devolvido ao zoo, e apesar de os funcionários do jardim zoológico terem medo que o seu grupo o rejeitasse, foi bem recebido pelos restantes elementos da espécie e batizado como Salama, uma palavra que significa 'seguro' em suaíli.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório