Meteorologia

  • 19 JUNHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

FBI faz primeira detenção relacionada com os pacotes suspeitos

A polícia federal fez uma detenção que estará relacionada com os pacotes com engenhos explosivos, avança a CNN, citando fontes policiais.

FBI faz primeira detenção relacionada com os pacotes suspeitos

A polícia federal norte-americana deteve um homem naquela que será a primeira detenção relacionada com o envio de pacotes com engenhos potencialmente explosivos para figuras proeminentes da política e do entretenimento. A informação é avançada pela CNN, que cita fontes policiais.

A estação de televisão norte-americana conta que ainda não são conhecidos os detalhes da detenção, bem como a identidade do suspeito, mas assevera que pelo menos um homem, na casa dos 50 anos, foi identificado e detido com relação ao caso.

A detenção ocorreu no sul da Flórida, no local de trabalho do suspeito. Abaixo pode ver imagens de vídeo que mostram as autoridades em redor de uma carrinha que pertencerá ao suspeito.

O Departamento de Justiça norte-americano confirmou, entretanto, a detenção e indicou que as autoridades vão realizar uma conferência de imprensa às 14h30 locais (19h30 em Lisboa).

Recorde-se que são já 12 os pacotes descobertos pelas autoridades, todos dirigidos a antigos ou atuais altos cargos políticos e também outras figuras de renome.

Entre os destinatários dos pacotes - confirmados pelas autoridades como contendo engenhos potencialmente explosivos - estavam o empresário George Soros, o antigo presidente Barack Obama, a antiga candidata presidencial Hillary Clinton, o antigo diretor da CIA John Brennan e o antigo diretor de uma agência governamental de informação James Clapper (ambos com morada na CNN, onde são comentadores), a congressista Debbie Wasserman Schultz (que aparece como remetente nos pacotes), o ex-procurador-geral Eric Holder, o governador de Nova Iorque, Andrew Cuomo, para a congressista Maxine Waters, para o antigo vice-presidente Joe Biden e para o ator Robert De Niro.

Não há ainda informações sobre os autores das potenciais ameaças, mas todos os visados têm como denominador comum o facto de serem vozes críticas da administração de Donald Trump.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório