Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2018
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 15º

Edição

Furacão Florence perde força mas continua extremamente perigoso

O furacão Florence baixou para a categoria 2, mas continua a ser extremamente perigoso, num momento em que se aproxima da costa, informou o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos.

Furacão Florence perde força mas continua extremamente perigoso
Notícias ao Minuto

08:11 - 13/09/18 por Lusa

Mundo EUA

Perto da costa dos estados da Carolina do Norte e da Carolina do Sul, a velocidade do vento baixou de 225 para 110 quilómetros por hora, o que levou os serviços meteorológicos dos Estados Unidos a reduzirem o Florence para uma tempestade de categoria 2.

O Florence encontra-se atualmente a cerca de 378 quilómetros a sudeste de Wilmington, na Carolina do Norte, e a cerca de 450 quilómetros a sudeste de Myrtle Beach, na Carolina do Sul. A tempestade está a mover-se para noroeste a 17 quilómetros por hora.

O Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos prevê que o furacão atinja terra na sexta-feira na Carolina do Norte e na Carolina do Sul e que, em seguida, avance para oeste, no interior, com potencial para causar graves inundações.

O governador do estado da Geórgia declarou na quarta-feira o estado de emergência para todos os 159 condados, uma vez que os meteorologistas admitem a possibilidade de o furacão Florence alterar a sua rota para sudoeste.

A declaração do governador surgiu depois de o Serviço Meteorológico Nacional norte-americano admitir a possibilidade de o furacão alterar a sua rota e virar para sudoeste à medida que se aproxima da Carolina do Norte e da Carolina do Sul, também em estado de emergência assim como a Virgínia.

Também foi anunciado na quarta-feira que o Mississipi enviou membros da Guarda Nacional e trabalhadores de busca e salvamento para as áreas que podem ser afetadas pelo furacão.

Numa mensagem de vídeo emitida pela Casa Branca, o Presidente norte-americano, Donald Trump, disse que o Governo está "completamente preparado" para o furacão Florence, mas pediu às pessoas para terem todos os cuidados.

"Não brinquem com ele. É um dos grandes", afirmou.

O Florence obrigou à retirada de mais de um milhão de pessoas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório