Meteorologia

  • 22 SETEMBRO 2018
Tempo
33º
MIN 30º MÁX 36º

Edição

O dia em que Kofi Annan deu um autógrafo e assinou "Morgan Freeman"

Ex-secretário-geral da ONU foi confundido com ator norte-americano enquanto passava férias em Itália, pouco depois de abandonar as Nações Unidas.

O dia em que Kofi Annan deu um autógrafo e assinou "Morgan Freeman"

O ex-secretário-geral da ONU e Prémio Nobel da Paz Kofi Annan morreu no passado sábado. Desde então, condolências e homenagens um pouco por todo o mundo têm recordado o percurso do primeiro africano a liderar as Nações Unidas.

Além dos tributos, são também recordadas histórias. Uma delas, remonta a 2006, quando Kofi Annan abandonou o cargo de secretário-geral da ONU e decidiu tirar férias.

Em entrevista ao The Guardian, em 2012, o ganês contou que, após dez anos à frente das Nações Unidas, decidiu tirar férias com a sua mulher em Itália.

O casal decidiu ficar longe da televisão, dos jornais e da rádio, mas, passadas algumas semanas, Kofi Annan decidiu descer até ao café da aldeia para comprar um jornal. Foi então que foi abordado por um cidadão que lhe foi pedir um autógrafo.

No entanto, este homem não percebeu que estava perante o ex-secretário-geral da ONU. Pensou, sim, que à sua frente tinha o ator Morgan Freeman. “Morgan Freeman, dá-me um autógrafo?”, pediu.

Kofi Annan sorriu e acabou mesmo por dar o autógrafo, assinando com o nome do famoso ator norte-americano. Depois, regressou ao seu período sabático, alegre, e provavelmente, pouco incomodado com o facto de ser reconhecido na rua não como o homem que liderou as Nações Unidas durante dez anos, mas confundido com um ator. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório