Meteorologia

  • 21 NOVEMBRO 2018
Tempo
13º
MIN 13º MÁX 13º

Edição

Tem cães? Então, olhe-os nos olhos. Pode salvar-lhes a vida

Este é o conselho das autoridades britânicas que pretendem alertar os donos de animais a prevenirem a cegueira.

Tem cães? Então, olhe-os nos olhos. Pode salvar-lhes a vida
Notícias ao Minuto

23:50 - 07/07/18 por Filipa Matias Pereira 

Mundo Alerta

Tem cães? Então, olhe-os nos olhos. Este é o conselho das autoridades britânicas que pretendem alertar os donos de animais a prevenirem a cegueira.

Os olhos secos são uma condição comum que pode induzir infeções, úlceras e até mesmo a remoção dos olhos, mas apenas metade dos proprietários está ciente disso, revela o britânico Mirror.

Nicole Paprotny, de 30 anos, teve que concordar com a remoção dos dois olhos do seu animal depois de este ter sido diagnosticado com a condição. “Foi de partir o coração”, contou ao meio de comunicação.

Conjuntivite foi o primeiro sintoma do seu labrador cruzado com boxer e, apesar de vários tratamentos, o animal parou de produzir lágrimas.

Notícias ao MinutoOlho baço é um dos sintomas© Reprodução

Foi feita uma cirurgia para direcionar as suas glândulas salivares para os olhos, mas não obteve os resultados pretendidos. Então, dois meses depois, a condição atingiu o olho direito.

Nicole, uma enfermeira veterinária de Tranent, perto de Edimburgo, optou pela cirurgia de remoção dos olhos do seu animal em vez de pôr termo à vida do cão.

Há uma em cada cinco raças que é vulnerável a sofrer de olho seco e os sintomas incluem olhos vermelhos e doloridos, casos repetidos de conjuntivite, piscar excessivo ou esfregar os olhos, secreção e olhos com aparência seca e sem brilho.

As raças mais expostas a esta condição são Pug, Buldogue, Cocker Spaniel, West Highland White Terrie e Pequinês.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório