Meteorologia

  • 14 DEZEMBRO 2019
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Demasiado tempo sentado pode ‘encolher’ parte do cérebro

A zona afetada é a responsável pela memória, aponta estudo.

Demasiado tempo sentado pode ‘encolher’ parte do cérebro
Notícias ao Minuto

08:33 - 18/04/18 por Mariana Botelho 

Lifestyle Sedentarismo

Uma vida sedentária não é aconselhada em caso algum, ao contrário da atividade física (nem que seja uma caminhada de 15 a 20 minutos). Quanto mais o tema é estudado, mais se comprova esta ideia, como aconteceu com o recente estudo agora publicado na Plos One pela Universidade de Los Angeles que associa o ato de ficar sentado por muito tempo a uma direta afetação de importantes partes do cérebro.

A zona afetada de que se fala é o lobo temporal medial, região do cérebro responsável pela formação de novas memórias. Segundo os investigadores, um comportamento sedentário traduz-se numa redução desta área do cérebro.

Embora a perda de memória seja uma caraterística comum numa idade mais avançada, em que se conta com demência ou natural declínio cognitivo, o problema foi visto em adultos com cerca de 35 anos, a que foi pedido que descrevessem os seus hábitos de atividade física seguida de uma análise mais minuciosa à atividade cerebral.

A investigação vem assim provar que a atividade física não é a única responsável por um estado cerebral saudável, que carece de outros cuidados como alimentação e práticas diárias, algumas das quais inevitáveis para quem trabalha diariamente à secretária que deve fazer por se levantar a cada hora.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório