Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Edição

Gordura abdominal. Pronto para esquecer estas teorias?

Muito se diz sobre a acumulação de gordura abdominal… mas será que está tudo errado?

Gordura abdominal. Pronto para esquecer estas teorias?

A acumulação de gordura abdominal resulta dos excessos alimentares cometidos e da incapacidade do organismo livrar-se da gordura, sal e açúcar consumidos. A acumulação de gordura na zona da barriga pode ser a consequência de um problema de saúde, mas a verdade é que está fortemente associada à má alimentação e a um estilo de vida sedentário e descuidado.

Mas não é apenas a gordura abdominal que preocupa. O inchaço constante da barriga é também um dos temas mais recorrentes dos dias de hoje e igualmente alvo de teorias e mitos por parte das pessoas.

Para mostrar que tanto a gordura acumulada como o inchaço abdominal são alvo de ideias erradas e de mal entendidos por parte das pessoas, o site Eat This, Not That! compilou aqueles que são os principais mitos sobre estes dois temas.

Mito 1 – Os frutos secos engordam. Embora sejam detentores de um alto teor calórico, os frutos secos possuem aquilo a que a ciência chama de gorduras boas, ou seja, gorduras que são usadas para o bom funcionamento do organismo.

Mito 2 – Beber cerveja aumenta o tamanho da barriga. Tal como revela este estudo, a barriga de cerveja nunca passou de um mito.

Mito 3 – Evitar o consumo de alimentos ricos em gordura ajuda a perder a barriga. Tal como tem sido defendido nos últimos meses, as gorduras boas não são inimigas nem da saúde nem da boa forma, pelo contrário, podem mesmo ser o combustível essencial para se manter uma barriga lisa.

Mito 4 – Algumas pessoas nasceram para ter gordura abdominal. Embora existam genes relacionados com o excesso de peso e a localização da gordura em determinadas partes do corpo seja determinada pela genética, tal não quer dizer que a pessoa tenha gordura localizada, uma vez que o estilo de vida (boa alimentação + atividade física regular) consegue atenuar algumas consequências genéticas.

Mito 5 – Beber chá verde ajuda a perder a gordura abdominal. O chá verde é um autêntico impulsionador do metabolismo, contudo, a sua capacidade de eliminar a gordura abdominal ainda não foi comprovada pela ciência, até porque tudo depende de outros hábitos diários e daquilo que se come. Não, o chá verde por si só não faz milagres.

Mito 6 – É preciso comer menos para se perder a gordura abdominal. O equilíbrio é, de facto, a palavra de ordem, mas comer menos ou deixar de comer nunca é a resposta, até porque passar longas horas sem ingerir alimentos apenas vai aumentar a fome e fazer com que a pessoa coma mais e pior. Além disso, fazer várias refeições ao dia ajuda a manter o metabolismo ativo.

Mito 7 – Deixar de consumir glúten vai ajudar a perder a gordura abdominal. Esta proteína presente em cereais até pode causar algum desconforto e inchaço abdominal, mas a exclusão de glúten da alimentação apenas deve acontecer após o aconselhamento médico, uma vez que nem todas as pessoas possuem alergia ou intolerância ao glúten.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório