Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 26º

Descobertos nutrientes que podem ajudar a evitar casos de demência

Especialistas americanos revelam os nutrientes essenciais para desacelerar o envelhecimento cerebral e evitar a demência.

Descobertos nutrientes que podem ajudar a evitar casos de demência
Notícias ao Minuto

07:42 - 28/05/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alimentação

Diz-se que 'somos o que comemos' e há cada vez mais evidências que comprovam esta frase. Desta vez, nutricionistas e neurologistas das universidades de Illinois e Nebraska, nos Estados Unidos, decidiram procurar quais são os nutrientes que desaceleram o  envelhecimento cerebral e evitam a demência.

Os resultados do estudo, publicados na revista Nature, são perentórios. "Ao avaliar o sangue dos voluntários, percebemos evidências do extenso conjunto de pesquisas que demonstram os efeitos positivos da dieta mediterrânea para a saúde, que enfatiza alimentos ricos nesses nutrientes benéficos”, explica o neurocientista Aron Barbey, um dos principais autores do estudo, ao 'website' da Universidade de Nebraska. Para o investigador, confirmar o que anteriormente só tinha sido sugerido em estudos feito com recurso a questionários só veio consolidar a ideia de que a dieta mediterrânea e alimentos mais naturais são riquíssimos para a saúde cerebral.

Leia Também: Especialista revela os três melhores exercícios para envelhecer bem

A investigação envolveu 100 participantes saudáveis, com idades entre os 65 e os 75 anos. Todos os voluntários tiveram de preencher um questionário com informações demográficas, medidas corporais e de aptidão física. Após um período de jejum, foram feitas análises ao sangue para analisar a presença de 13 biomarcadores nutricionais presentes no organismo de forma duradoura. Os participantes também foram submetidos a avaliações cognitivas e exames de ressonância magnética. Tudo isto no mesmo dia.

O sangue dos participantes com um envelhecimento lento estava repleto de ácidos gordos, antioxidantes, vitamina E, carotenóides e colina. Peixe, fruta, castanhas, cenoura e ovos são alguns dos alimentos que apresentam estes nutrientes na sua composição. 

Leia Também: Nem imagina as chatices que um pouco de alecrim ajuda a resolver

Recorde-se que demência é um termo genérico utilizado para designar um conjunto de doenças que se caracterizam por alterações cognitivas que podem estar associadas a perda de memória, alterações da linguagem e desorientação no tempo ou no espaço. Para a maioria não existe tratamento. Porém, está provado que cerca de 40% das demências, como o Alzheimer (a forma mais comum de demência), podem ser prevenidas ou atrasadas.

A Organização Mundial de Saúde estima que existam 47.5 milhões de pessoas com demência em todo o mundo, número que pode chegar os 75.6 milhões em 2030 e quase triplicar em 2050, para 135.5 milhões. 

Leia Também: Quatro termogénicos que todos conhecem e queimam gordura rapidamente

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório