Meteorologia

  • 19 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 12º MÁX 21º

Há uma nova fragrância floral para cheirar e ficar rendida

Está disponível em exclusivo no El Corte Inglés Lisboa.

Há uma nova fragrância floral para cheirar e ficar rendida
Notícias ao Minuto

21:44 - 24/04/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Perfumes

Desde o perfume original de 1957, até ao renascimento da Eau de Parfum em 2018, todas as fragrâncias L'Interdit Givenchy têm sido sustentadas por uma única filosofia: "Um apelo para desafiar o convencional e quebrar as regras". "L'Interdit é um convite para sentir a emoção do proibido e ser sentir-se bem consigo mesma, livre de obrigações e inibições", lê-se em comunicado. 

No mesmo espírito, a Givenchy Parfums está a revelar uma nova série de fragrâncias de edição de coleção: as Fleurs Interdites, ou Flores Proibidas. A linha revela "novas interpretações olfativas construídas em torno de flores raras com um encanto quase fatal", explica a marca. 

Leia Também: Cheira-nos que vai render-se a esta nova coleção da Benamôr

"Mantendo o mesmo contraste singular de L'Interdit, entre um coração floral luminoso e uma base negra e amadeirada, a Givenchy está a realçar a mais perigosa e proibida das flores." Tubéreuse Noire abre o primeiro capítulo destas edições exclusivas L'Interdit. 

O primeiro movimento da viagem olfativa Fleurs Interdites capta o perfume intangível de pétalas de tuberosa fumadas. "Uma espiral de fumo entrelaça-se em torno da assinatura caraterística de L'Interdit", resume a marca, acrescentando que esta nova fragrância foi criada pelos mestres perfumistas Dominique Ropion, Fanny Bal e Anne Flipo, que "recriaram com mestria, o perfume de uma tuberosa ardente e carnal, envolta em chamas".

Notícias ao Minuto © Givenchy

Notas torradas de extrato de café ateiam as chamas, fundindo-se com a flor luminosa para criar um acorde perigosamente viciante que deixa um rasto memorável e cativante na pele. A base amadeirada de vetivéria e patchouli, que define L'Interdit, realça o carácter viciante e sensual da nota.

Leia Também: Reunimos novidades de beleza que ainda cheiram a novo. Ora espreite!

Os ingredientes da nova fragrância foram selecionados pela sua origem, qualidade e por serem provenientes de fornecedores que utilizam técnicas e métodos tradicionais. O rastro viciante do absoluto de tuberosa da Índia é a joia da coroa desta nova criação - um único frasco contém o equivalente a oito flores.

Esta flor branca é colhida à mão, na região de Tamil Nadu, na Índia, onde tem sido historicamente cultivada. A Givenchy está empenhada em obter de forma responsável todos os ingredientes icónicos das suas fragrâncias. Por isso, a maison trabalha com uma Organização não governamental (ONG) independente para verificar as condições de colheita da tuberosa usada nesta fragrância de edição limitada. A ONG certificou que o fornecedor respeita os seus trabalhadores e a biodiversidade. O cultivo da emblemática Flor de Laranjeira da Tunísia e do Jasmim da Índia - utilizados em todas as fragrâncias L'Interdit - é também objeto de meticulosos controlos no terreno. 

O frasco de L'Interdit Eau de Parfum, com a sua silhueta refinada e os seus detalhes couture, apresenta uma nova decoração. A tuberosa negra deixa a sua marca no frasco da fragrância de edição de coleção: o seu rótulo, bem como os quatro lados da sua cartonagem, são gravados com um padrão inteiramente exclusivo, que recorda as pétalas desta flor cada vez mais ardente.

L'Interdit EDP Tubéreuse Noire (50 ml) tem um PVPR de 117,98 euros. Está disponível  em exclusivo no El Corte Inglés Lisboa

Leia Também: Porque cheira tão bem? Só pode ser este novo perfume 'Irresistible'

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório