Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 22º

Jejum para quê? A bebida probiótica da moda tem o mesmo efeito

A confirmar-se, esta descoberta pode abrir portas à implementação de novos tratamentos.

Jejum para quê? A bebida probiótica da moda tem o mesmo efeito
Notícias ao Minuto

16:30 - 18/04/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Alimentação

A kombucha, um bebida feita com um fungo e que tem muita saída das prateleiras dos supermercados, parece ter os mesmos efeitos que o jejum. Pelo menos, foi a essa conclusão que um grupo de investigadores chegou.

Para perceberem melhor os efeitos deste chá, verde ou preto, os cientistas da Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, analisou como a kombucha pode transformar o microbioma. Os resultados do estudo foram, no mínimo, promissores.

Leia Também: Costuma beber água antes de ir dormir? Não o faça mais

A investigação sugere que a kombucha pode modificar o metabolismo da gordura de determinados microrganismos no intestino, imitando os benefícios do jejum. A confirmar-se, esta descoberta pode abrir portas à implementação de novos tratamentos para a obesidade, por exemplo.

Os investigadores indicam que o impacto dos micróbios da kombucha nos parasitas intestinais, mais concretamente no Caenorhabditis elegans, levou a uma reprogramação no metabolismo de gordura. Isso causou uma redução acentuada nas reservas de gordura. 

Porém, há que ter cuidados. Embora seja considerada bebida saudável, a kombucha deve ser consumida com moderação, caso contrário pode provocar desconforto no estômago. É igualmente importante prestar atenção à preparação e conservação deste chá.

Leia Também: Gastroenterologista revela três suplementos que toma todos os dias

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório