Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 23º

Médica aponta alguns mitos e mal-entendidos sobre o autismo

Esta terça-feira, assinala-se o Dia Mundial da Consciencialização do Autismo. Perceba melhor esta condição.

Médica aponta alguns mitos e mal-entendidos sobre o autismo
Notícias ao Minuto

08:58 - 02/04/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Autismo

O autismo é também conhecido como transtorno do espectro do autismo. Apresenta-se como um distúrbio neurodesenvolvimento que pode ser causado por fatores genéticos e também ambientais.

Esta terça-feira, 2 de abril, assinala-se o Dia Mundial da Consciencialização do Autismo. Evita Limon-Rocha, médica e psiquiatra de crianças, revelou à organização Kaiser Permanente alguns dos mitos e mal-entendidos sobre esta condição.

Leia Também: Hipertensão. Novo estudo sugere que cuidados devem começar na infância

"É importante educarmo-nos para descartar a desinformação generalizada. Também é fundamental que as famílias sejam informadas para que possam defender a saúde e o futuro de seus filhos", começa por dizer a médica.

Um dos mitos mais comuns sugere que o autismo é provocado pelas vacinas ou por uma má edução. "Isso é inerentemente falso. Não há absolutamente nenhuma verdade nisso, já que muitos estudos desmascararam a teoria. Foi estabelecido que as vacinas infantis são seguras e protegem as crianças contra doenças graves."

"Embora mais crianças estejam a ser diagnosticadas com autismo, podemos agradecer aos avanços na medicina e na saúde comportamental por isso, que estão a permitir que os profissionais médicos diagnostiquem crianças com autismo."

Aponta que os avanços da medicina são fundamentais. “Antes de tais avanços na medicina, era mais comum diagnosticar erroneamente crianças com deficiência intelectual. Agora entendemos que muitas dessas deficiências podem ser atribuídas ao autismo.”

O diagnóstico precoce é uma das chaves mais importantes. "Se uma criança for diagnosticada precocemente, poderá receber atenção médica e de saúde comportamental individualizada. Tal como qualquer outro diagnóstico médico, a intervenção e o tratamento precoces podem impactar o futuro e o bem-estar geral de uma criança."

Leia Também: Risco de doença debilitante aumenta para o dobro nestas crianças

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório