Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 24º

Surto de hepatite A em Portugal. Como se transmite? Quais os sintomas?

Esclareça todas as dúvidas sobre esta condição.

Surto de hepatite A em Portugal. Como se transmite? Quais os sintomas?
Notícias ao Minuto

19:17 - 12/03/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Saúde

Hoje, ao final da tarde, a Direção Geral de Saúde (DGS) reportou um surto de hepatite A, em Portugal, tendo identificado, no total, 23 casos, "a maioria são homens com idades entre os 20 e os 49 anos, 44% em contexto de transmissão sexual". Quais são as outras formas de transmissão? E os sintomas mais comuns? 

Caso não saiba, "a hepatite A é uma infeção aguda, causada por um vírus ARN, membro do género Hepatovírus, da família dos Picornaviridae, designado por vírus da hepatite A (VHA)", explica a DGS.

É um dos vários tipos de vírus da hepatite que causam inflamação do fígado e afetam o seu funcionamento, explica a Mayo Clinic, uma organização sem fins lucrativos focada na prática clínica, na educação e na investigação.

Leia Também: Hepatite A em morangos? "Só 10% das mercadorias de Marrocos é analisada"

Como se transmite? Geralmente, "através de alimentos ou água contaminados ou do contacto próximo com um indivíduo ou objeto infetado". Isto significa que o contágio pode acontecer em situações como "comer alimentos manuseados por alguém com o vírus e que não lava bem as mãos"; ingerir água contaminada; comer alimentos lavados com água contaminada; "comer marisco cru proveniente de água poluída dos esgotos"; estar em contacto próximo com uma pessoa que tem o vírus, "mesmo que essa pessoa não tenha sintomas"; ter contacto sexual com alguém que tenha o vírus.

Já a lista de fatores de risco inclui, segundo a organização, "viajar ou trabalhar em zonas endémicas; viver com alguém que tenha esta condição; homens que têm contacto sexual com outros homens; qualquer tipo de contacto sexual com alguém que tenha hepatite A; indivíduos seropositivos; usar qualquer tipo de drogas recreativas, não apenas as injetáveis". 

Leia Também: Fígado gordo. Médico aponta sinais de doença silenciosa e traiçoeira

Normalmente, os sintomas desta infeção aparecem semanas depois de contrair o vírus, mas nem todas as pessoas apresentam sintomas. Os mais comuns são: cansaço e fraqueza; náuseas, vómitos e diarreia; dores ou desconforto abdominal, "especialmente no lado superior direito, por baixo das costelas inferiores, que se encontra sobre o fígado"; fezes cor de barro ou cinzentas; perda de apetite; febre baixa; urina escura; dores nas articulações; icterícia; e comichão intensa.

Felizmente, "99% dos casos desta doença resolvem-se sem problemas", explica a CUF, rede de saúde, mas em situações raras, tem consequências graves.

Quais as melhores formas de prevenir o  contágio? Com "a administração de imunoglobulina humana ou da vacina contra o vírus da hepatite A, tendo em consideração uma série de fatores, como a idade e a existência de doença hepática". Pode ser administrada em crianças e adultos mediante receita médica.

De modo a prevenir a contaminação por alimentos infetados com material fecal, as pessoas que visitam países onde a doença é mais comum "são aconselhados a adotar alguns cuidados, como beber apenas água potável (preferindo a engarrafada), não comer alimentos crus e mariscos e lavar as mãos antes de comer". 

Leia Também: Sim, é o seu fígado que está em risco. Os primeiros sinais preocupantes

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório