Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
27º
MIN 18º MÁX 28º

Oito motivos para a queda de cabelo que não estão relacionados com idade

Especialistas enumeram as que são mais comuns entre pessoas do sexo feminino.

Oito motivos para a queda de cabelo que não estão relacionados com idade
Notícias ao Minuto

23:24 - 23/02/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Cabelo

Reparou que está a perder mais cabelo do que o normal? Não sabe como justificar o problema? Existem múltiplas causas possíveis e, recentemente, Hope Mitchell, uma dermatologista, citada na Self, enumerou as mais comuns em mulheres e que não estão relacionadas com a idade. Consulte a lista. 

Leia Também: A nova gama da Pantene promete mudar para sempre o seu cabelo

Oito motivos para a queda de cabelo que não estão relacionadas com idade: 

  • Genética. Por exemplo, a alopecia androgenética é a causa mais comum de queda de cabelo em todo o mundo, explica. "Trata-se de um problema hereditário que é desencadeado por um golpe duplo de fatores genéticos e hormonais"; 
  • Stress intenso. Já este tipo de queda de cabelo chama-se eflúvio telógeno e pode ocorrer como resultado de stress intenso, tanto físico como mental ou emocional; 
  • Usar penteados muito apertados regularmente pode "desencadear alopecia de tração, ou seja, "a perda de cabelo causada por tensão persistente ou por puxar o cabelo"; 
  • Hábitos muito agressivos para o cabelo. Fazer regularmente penteados com calor ou tratamentos químicos pode aumentar o risco de "danificar os seus fios de cabelo e, potencialmente, desenvolver uma doença da haste capilar chamada tricorrexe nodosa, uma condição em que os pontos fracos e danificados da haste capilar fazem com que os fios quebrem facilmente"; 
  • Dermatite seborreica. Trata-se de uma doença de pele incómoda "caracterizada por uma erupção cutânea, assim como por manchas de comichão e descamação que se instalam em locais com muitas glândulas de óleo, incluindo o couro cabeludo"; 
  • Foliculite. É "uma doença da pele que ocorre quando os folículos pilosos ficam inflamados, o que compromete a integridade dos folículos"; 
  • Desequilíbrio hormonal. Podem ser um fator que contribui para a queda de cabelo nas mulheres, especialmente os "níveis elevados e flutuantes de androgénios associados à síndrome dos ovários poliquístico e à perimenopausa, respetivamente"; 
  • Doenças autoimunes. É o caso da "alopecia areata, condição em que o sistema imunitário ataca erradamente os folículos pilosos" ou "lúpus eritematoso discoide, um tipo de lúpus que afeta o couro cabeludo e pode levar à queda permanente do cabelo". 

Leia Também: Acabou o drama! Estes óleos ajudam o cabelo a crescer

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório