Meteorologia

  • 20 MAIO 2024
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 21º

Especialista aconselha suplemento para uma vida mais longa

Para Ronda Patrick, a carência de ácidos gordos ómega-3 pode ter tanto impacto na longevidade como fumar.

Especialista aconselha suplemento para uma vida mais longa
Notícias ao Minuto

09:24 - 15/02/24 por Notícias ao Minuto

Lifestyle Longevidade

"Este é o único suplemento que realmente aumenta a esperança de vida", disse Ronda Patrick, formada em bioquímica, referindo-se ao ómega-3. A especialista, que falava como convidada no canal de Youtube do coach nutricional Thomas DeLauer, chegou mesmo a afirmar que a carência de ácidos gordos ómega-3 pode ter tanto impacto na longevidade como fumar. 

Os ácidos gordos do tipo ómega-3 são 'gorduras saudáveis' que trazem vários benefícios à saúde, incluindo para o coração, pulmões, vasos sanguíneos e o sistema imunitário. Fundamentais à vida humana, chegam até ao nosso corpo essencialmente através da alimentação ou suplementos. Peixes como a cavala, salmão e sardinha são fontes ricas em ómega-3.

Leia Também: Neurocientista revela suplemento que ajuda cérebro a funcionar em pleno

"Fiquei surpreendida ao ver alguns dados do grupo de Bill Harris, que analisou a expetativa de vida e o índice de ómega-3, que é uma ótima forma de medir seus níveis de ómega-3", afirmou Ronda Patrick. "Todo sabem que fumar faz mal. No entanto, quando olha para a expetativa de vida e estratifica os dados de acordo com fumadores e não fumadores, os fumadores com alto índice de ómega-3 têm a mesma expetativa de vida que os não fumadores com baixo índice."

O estudo mencionado por Patrick foi publicado, em 2011, no American Journal of Clinical Nutrition. Os cientistas acompanharam 2.240 pessoas ao longo de 11 anos e recolheram amostras de sangue dos participantes para medirem os níveis de diferentes ácidos gordos no sangue. Em média, os participantes com níveis mais baixos de ómega 3 viveram 4,7 anos a menos do que aqueles com níveis mais elevados.

De acordo com os investigadores, fumar teve o mesmo impacto, com 4,7 anos de vida perdidos, face aos não fumadores. Os cientistas concluíram que existe "uma forte relação" entre níveis de ómega-3 e a mortalidade, e que estes ácidos gordos "podem prolongar a vida".

Leia Também: Pouca gente sabe, mas há uma fruta que protege o coração, revela médico

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório