Meteorologia

  • 29 FEVEREIRO 2024
Tempo
15º
MIN 11º MÁX 16º

Cravinho. Tudo sobre uma das especiarias mais procuradas na época festiva

Gosta de cravinho? É uma das especiarias mais usadas, especialmente nesta altura do ano e, mesmo assim, muitos não sabem o impacto que tem na saúde de cada um. Falámos com Lia Faria, uma nutricionista, e esclarecemos todas as dúvidas.

Cravinho. Tudo sobre uma das especiarias mais procuradas na época festiva
Notícias ao Minuto

09:20 - 05/12/23 por Margarida Ribeiro

Lifestyle Alimento do mês

Durante a época festiva a procura de especiarias como canela, noz-moscada e cravinho, também conhecido como cravo da Índia, aumenta significativamente. Podem (e são) utilizadas em imensas sobremesas, assim como em alguns pratos salgados, como o peru assado. Tem um sabor forte, ligeiramente picante, capaz de transformar qualquer receita. E tem algum benefício para a saúde? 

Recentemente, o Lifestyle ao Minuto falou com Lia Faria, uma nutricionista, sobre a especiaria e as suas (incríveis) propriedades. Por exemplo, "na medicina tradicional chinesa o cravinho começou por ser usado como tratamento para a indigestão, náuseas, vómitos e infeções".

É ainda rico numa "grande variedade de micronutrientes como o fósforo, potássio, ferro, tiamina, riboflavina, niacina e ácido ascórbico", acrescenta a especialista.  

Leia Também: Romã, a fruta pouco calórica que pode ser uma boa ajuda para emagrecer

O que é o cravinho? Qual a sua origem? 

É uma especiaria preparada através da secagem dos botões de flores fechados da árvore tropical 'Eugenia caryophyllata', indígena da zona da Indonésia. Atualmente, estas árvores são cultivadas em várias outras áreas tais como Madagáscar, Tanzânia, China, Malásia e ainda nas Índias Ocidentais.

O nome cravinho ou, em inglês, 'clove', resulta da palavra latim clavus que significa prego. Este nome foi dado devido à forma desta especiaria.

Na medicina tradicional chinesa o cravinho começou por ser usado como tratamento para a indigestão, náuseas, vómitos e infeções.

Notícias ao Minuto É nutricionista e 'nutricoach'© Lia Faria

Qual é o valor nutricional do cravinho? 

Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos por 100 gramas (g) o cravinho tem cerca de 323 calorias (kcal), 5,98 g de proteína, 20,06 g de gordura e 61,22 g de hidratos de carbono. Para além disso apresenta também uma grande variedade de micronutrientes como o fósforo, potássio, ferro, tiamina, riboflavina, niacina e ácido ascórbico. 

Tem benefícios para a saúde? Quais são? 

Existe alguma evidência que suporta que o cravinho ou os seus derivados podem ter benefícios para a saúde entre os quais se destaca a supressão de crescimento microbiano, a melhoria dos sintomas da diabetes e a melhoria de problemas neurológicos.  

Também existe alguma evidência preliminar que aponta no sentido de o cravinho contribuir para a inibição do stress oxidativo e contrariar a inflamação. No entanto, ainda são precisos mais estudos, nomeadamente em modelos humanos, que mostram o impacto do cravinho quando usado como uma especiaria porque a maior parte da evidência atual é baseada na utilização de extratos em estudos 'in vitro', mas continua a ser animadora.

Leia Também: Este popular alimento faz mais pelo seu corpo do que imagina. É fã?

Está disponível em várias formas? Qual a mais benéfica? 

O cravinho pode ser comprado na forma moída, de grão ou de óleo. Tendo em conta que o óleo apresenta uma concentração maior dos compostos ativos do cravinho requer mais cuidado na sua utilização, uma vez que se torna mais fácil o consumo em doses excessivas. Quando se usa a especiaria na sua forma natural essa questão não tende a ser um problema. A forma de grão pode ser mais benéfica, uma vez que permite uma melhor conservação das características da especiaria. Ao moê-la apenas na altura que vai ser utilizada é possível obter um sabor e aroma mais fortes do que usando a versão previamente moída.

É uma especiaria muito utilizada na altura do Natal. Porquê? 

A utilização de cravinho no Natal está relacionado com o aroma característico desta especiaria e pela sua presença em vários pratos típicos da época como peru assado e bolachas com especiarias. Juntamente com a canela, gengibre e noz-moscada é uma especiaria típica da época festiva.

Pode ser usado em doces e salgados? 

Tal como qualquer especiaria, o cravinho pode ser usado em qualquer tipo de pratos, quer seja em pratos de carne e caris de forma a melhorar o seu aroma e dar um sabor mais apimentado ao prato ou em produtos de pastelaria associado a outras especiarias como a canela.

Leia Também: Sete razões para começar a comer aveia ao pequeno-almoço

É utilizado apenas na cozinha ou tem outras aplicações? Pode ser consumido em forma de chá? 

O cravinho é principalmente usado na culinária, no entanto, também tem outras aplicações. Devido às suas capacidades antibacterianas é muitas vezes usado na indústria farmacêutica. O seu aroma agradável também faz com que seja usado em perfumes. 

Ainda na perspetiva alimentar pode também ser usado na preparação de infusões, no entanto não se sabe de que forma os compostas ativos desta especiaria passam para a infusão em questão e se a ingestão da mesma está associada a vantagens para a saúde. 

Toda a gente pode (deve) consumir esta especiaria? É desaconselhado a algum tipo de indivíduos?

De uma forma geral o consumo de cravinho é considerado seguro e inclusive pode fazer parte da alimentação de populações mais vulneráveis como as crianças e grávidas. É, no entanto, sempre recomendado, especialmente nestes últimos casos, que a especiaria seja usada com moderação de forma preventiva.  

É também importante destacar que o eugenol, um composto bioativo do cravinho pode interagir com alguns fármacos, nomeadamente com anticoagulantes, pelo que o uso de óleo de cravinho ou chá de cravinho não é aconselhado em indivíduos que usem este tipo de medicação.

Leia Também: Parece, mas não é iogurte. Eis as mais-valias do kefir (e uma receita!)

Recomendados para si

;

Receba dicas para uma vida melhor!

Moda e Beleza, Férias, Viagens, Hotéis e Restaurantes, Emprego, Espiritualidade, Relações e Sexo, Saúde e Perda de Peso

Obrigado por ter ativado as notificações de Lifestyle ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório